skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
01 dezembro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Piazzolla 100 (Guimarães Clássico)

Música (Clássica)
Redação
Cultura \ sexta-feira, agosto 20, 2021
© Direitos reservados
A partir dos arranjos de três músicos, concerto marcado para o Paço dos Duques visita obra do criador do "tango nuevo" a propósito do centenário do seu nascimento.

No ano de 2021 comemora-se o 100.º aniversário do grande compositor e bandoneonista Astor Piazzolla. 

A partir do tango tradicional da Argentina, seu país de origem, criou algo muito mais sofisticado e universal, designado de "tango nuevo".

Durante a formação nos grandes centros europeus, foi influenciado por grandes figuras da época, como Nádia Boulanger ou Igor Stravinsky, e adaptou com mestria a música “materna” do tango. P

O concerto desta sexta-feira, no Paço dos Duques de Bragança, testemunha a inspiração que as suas obras lega a arranjos de músicos como Nisinman, Viytovych ou Desyatnikov. Isso também mostra como a essência da música de Piazzola pode ganhar uma cor diferente consoante quem a arranja.

A atuação estará a cargo de Vasko Vassilev (violino), de Emanuel Salvador (violino), de Andriy Viytovych (viola d’arco) e da Orquestra do Festival Guimarães Clássico a partir das 19h00, num momento com entrada livre, mas limitada à capacidade do espaço.

 

Programa - Astor Piazzolla

– La Muerte del Angel

– Oblivion para violino e orquestra de cordas
(arranjo Marcelo Nisinman)

– Grand Tango para viola d’arco e orquestra de cordas
(arranjo Andriy Viytovych)

– Estaciones Porteñas (arranjo Leonid Desyatnikov)
Verano Porteño
Otoño Porteño
Invierno Porteño
Primavera Porteña

 

Paço dos Duques de Bragança (centro histórico) / 19:00
Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #38