skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

O Que Faltava #41

Redação
Cultura \ sábado, dezembro 31, 2022
© Direitos reservados
Programa especial, gravado na Casa de Pasto Fertuzinhos, nas Caldas das Taipas, na companhia de Duarte Pereira, da livraria Snob.

Terminamos o ano com um programa especialíssimo, gravado na Casa de Pasto Fertuzinhos, nas Caldas das Taipas, na companhia de um dos nossos amigos, o Duarte Pereira, da livraria Snob, de quem muito temos falado e que finalmente se junta à conversa, neste último programa de 2023.Pelo meio do ruído de fundo, fomos falando do que andamos a apreciar nos últimos tempos. A Carolina Lapa começa por partilhar a experiência da sua visita ao Centro de Arte Oliva, em Santa Maria da Feira, onde estão as exposições - Eureka!, que fica até março 2023 e ainda Feixe de Luz: Escultura Projetada, Cinema Exposto, que fica patente até 22 de fevereiro. Duarte Pereira fala-nos de um pequeno livro que leu recentemente e que teve nele um forte impacto. O livro chama-se “As Malditas” e é da autoria de Camila Sosa Villada. O Duarte garante que não seremos os mesmos no fim da leitura deste livro. O Samuel Silva fala-nos de um dos filmes que passaram na última sessão do ano do Shortcutz Guimarães. Trata-se de “O Tasqueiro”, filme realizado por Aki Kaurismäki, feito em 2012 e que de alguma forma antecipava as transformações nas cidades, por ação do turismo massificado.Na segunda parte do programa partilham-se alguns planos para o futuro. Carolina Lapa confessa a inevitabilidade de trazer novos livros para casa quando visita uma livraria como a Snob. Um desses livros chama-se “Goodbye, Dragon Inn”, escrito por Nick Pinkerton, que teve entretanto uma adaptação para cinema em 2003, pelo olhar de Tsai Ming-liang. Duarte Pereira, fala-nos da aventura que será atirar-se ao volume de “Poesia Portuguesa Contemporânea”, um livro com a reunião de textos críticos de Joaquim Manuel Magalhães, pela editora Bestiário. Finalmente, Samuel Silva tem Cabo Verde como uma das sua rotas e por isso não vai querer perder o filme da Ana Sofia Fonseca, um documentário sobre a diva Cesária Verde, estreado em outubro.As escolhas músicais continuam o suficientemente ecléticas para manter o interesse, como convém. Carolina Lapa larga a agulha no disco de 1976, para ouvir o “Estrela da Tarde”, tema interpretado por Carlos do Carmo, com letra de José Carlos Ary dos Santos. Duarte Pereira, a propósito de mais um livro - “Fantasmas da Minha Vida”, de Mark Fisher, escolhe “Ghosts” dos Japan. Para encerrar ouvimos “Despidida de Imigrante”, tema de Cesária Évora.O Que Faltava é um programa com Carolina Lapa, Paulo Dumas e Samuel Silva, lançado quinzenalmente no Jornal de Guimarães. O som é do Tomás Nobre. Pode ouvir este episódio, assim como todos os anteriores nas plataformas Spotify, Apple Podcast e Google Podcast. A playlist com a compilação de todas as escolhas musicais está também no Spotify.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73