skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
15 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

2022: Vitrus recolheu cerca de mil toneladas de resíduos orgânicos

Redação
Ambiente \ sexta-feira, janeiro 06, 2023
© Direitos reservados
Recolha começou no Centro Histórico de Guimarães, alargou-se às escolas secundárias e ensino básico, fazendo-se também já e restaurantes, cafés e lares de várias freguesias.

A Vitrus, empresa municipal responsável pela gestão de resíduos – entre outros – recolheu sensivelmente mil toneladas de resíduos orgânicos no ano 2022.

Em articulação com a Câmara Municipal de Guimarães, e de acordo com o Plano de Gestão de Biorresíduos do Município de Guimarães, a recolhe de resíduos orgânicos por parte da Vitrus iniciou-se precisamente no ano passado.

Esta recolha começou pelo Centro Histórico de Guimarães, há uma no, e está já em todas as Escolas Secundárias, EB 2,3 e Ensino Básico do concelho, assim como em restaurantes, cafés e lares das freguesias da cidade, da Costa, Mesão Frio, Urgezes, Creixomil, Azurém, Fermentões, Caldelas e Ponte.

Seguindo este plano, em 2022 registou-se então a recolha de 971,26 toneladas de resíduos orgânicos, destacando-se a recolha nos últimos meses do ano, que subiu consideravelmente devido do alargamento da recolha nas freguesias.

No mês de dezembro, por exemplo, foram recolhidas 201,22 toneladas de orgânicos, o que representa 50% desta fração na totalidade da área abrangida.

“A recolha dos orgânicos é um processo em contínuo, que carece de constante monitorização no que respeita às melhores soluções para cada situação, sendo uma aposta estratégica do Município para a promoção da economia circular e para alcançar a neutralidade carbónica”, dá conta a empresa municipal.

A Vitrus tem uma equipa dedicada a este serviço, desde a entrega dos equipamentos ao serviço de recolha porta-a-porta em parceria com o Município de Guimarães e com o Laboratório da Paisagem.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73