skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 julho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

A fasquia está alta", mas Handel acredita que é possível "fazer melhor"

Bruno José Ferreira
Desporto \ sábado, junho 22, 2024
© Direitos reservados
Médio foi o primeiro porta-voz do plantel do Vitória SC, prometendo um "futebol atrativo" com Rui Borges. Primeira meta é chegar à fase de grupos da Liga Conferência.

O plantel do Vitória SC está “pronto para mais uma época dura e difícil”, mas também com a “união característica de um grupo” que faz “acreditar em mais uma época de sucesso”. Esta foi a ideia transmitida por Tomás Handel à margem da sessão de treino deste sábado, na Academia do clube.

Um dos capitães, o médio foi o primeiro porta-voz do grupo esta época, falando num futebol atrativo. “Estes dias estão a ser muito bons. Temos um novo treinador, novas metodologias, com trabalho diferente. Pelo passado do ‘mister’, julgo que teremos mais uma época em que será feita a promoção de um futebol atrativo e a valorização de jogadores do Vitória”, disse.

À boleia de um “plantel com muita qualidade” Tomás Handel acredita que será possível conseguir “o melhor no futebol”, aliando duas vertentes do jogo: “ganhar e jogar bem”. “Nem sempre isso é possível. Mas também sabemos que temos um plantel com muita qualidade. Quando temos um plantel com muita qualidade, é possível o incentivo ao futebol bonito”, apontou.

Em relação às metas para a próxima temporada, o jogador vimaranense reconhece que “a fasquia está muito alta, não só pela cidade em que estamos, em que as expetativas dos adeptos são sempre muito altas, mas também pelo nosso grupo, pois as expetativas e a exigência são sempre muito altas”. Ainda assim, crê que é possível “tentar fazer melhor”.

Sem “preferências” quanto ao adversário para o primeiro jogo oficial da temporada, frente Floriana ou Tre Penne, a contar para a Liga Conferência, Handel aponta à fase de grupos, mas passo a passo. “A ambição do clube é a de passar esta eliminatória, a de passar a próxima e a de entrar na fase de grupos”, concluiu.

O jogador abordou ainda a saída de André André do clube, questionado pelos jornalistas, reportando-se ao médio como “mística”, sustentando que “são decisões que fazem parte do futebol”. “Só tenho coisas boas a dizer do André. É um amigo, com muita qualidade dentro do campo e fora do campo”, atirou.

A pré-temporada do Vitória SC arrancou na passada quarta-feira, estando o primeiro jogo oficial agendado para o dia 25 de julho. Antes disso, os comandados de Rui Borges cumprirão um estágio de pré-época no Algarve.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73