skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
20 outubro 2021
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

A Oficina integra projeto piloto: aqui há teatro com programação acessível

Redação
Cultura \ terça-feira, outubro 12, 2021
© Direitos reservados
Projeto pretende decentralizar a oferta no nosso país; vai melhorar as condições de acesso à sua programação para pessoas com deficiência visual e para o público surdo.

A Oficina integra o projeto Rede de Teatros com Programação Acessível, sendo um dos cinco parceiros que se propõe a criar melhores condições de acesso à programação cultural fora dos centros urbanos de Lisboa e Porto.

Coordenada pela Acesso Cultura e conta com o apoio do BPI e da Fundação “la Caixa”, esta rede de programação será apresentada em Guimarães, no dia 19 de outubro, no foyer do Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor.

“Esta Rede de Teatros com Programação Acessível pretende apresentar uma oferta regular de espetáculos com audiodescrição e com interpretação em Língua Gestual Portuguesa. Desta forma, irá melhorar as condições de acesso à sua programação para pessoas com deficiência visual e para o público surdo, bem como para os seus familiares e amigos”, dá conta A Oficina.

Para além da cooperativa vimaranense, integram ainda este projeto entidades como: Cine-teatro Louletano (Loulé), Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana (Viana do Castelo), Teatro Municipal Baltazar Dias (Funchal) e Teatro Municipal da Guarda.

A iniciativa Rede de Teatros com Programação Acessível trata-se de um projeto piloto que se espera que possa ganhar dimensão nos próximos anos, decentralizando a oferta no nosso país.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #13