skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 outubro 2021
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

À porta da câmara, CDU vai continuar "luta por uma vida melhor no concelho"

Pedro C. Esteves
Política \ segunda-feira, setembro 27, 2021
© Direitos reservados
Mariana Silva destaca os quase 700 candidatos do partido que lutaram "por um melhor resultado". CDU mantém os três lugares na AM, mas prolonga o hiato longe da Câmara Municipal de Guimarães.

Os resultados iam chegando a “conta-gotas” à sede da CDU, em pleno Largo Condessa do Juncal. Esperava-se pela boa-nova: uma votação que permitisse à força política que une comunistas e ecologistas conquistar um assento na vereação depois de há quatro anos, pela primeira vez desde 1976, ter perdido representação em Santa Clara.

Os números tardavam a chegar. Pelo meio, a certeza que a coligação saía reforçada em Brito, em Lordelo “segurava” a votação de há quatro anos e que em São Jorge de Selho conquistava mais um mandato na Assembleia de Freguesia. Já passava das 00h30 quando chegava a certeza: com todos os mandatos atribuídos, o hiato da CDU na vereação estende-se por mais quatro anos. Na Assembleia Municipal, o partido mantém os três representantes.

Ainda com quatro mandatos por atribuir, Mariana Silva, candidata da CDU à Câmara Municipal de Guimarães, realçou que a coligação que une comunistas e ecologistas “ainda é a terceira força política mais votada” do concelho. “Continuaremos firmes na defesa de uma vida melhor para os vimaranenses e da parte da CDU amanhã estaremos na rua novamente por maior mobilidade, cultura, habitação”, referiu.

A CDU até aumentou o número de votos conseguidos – ainda que ligeiramente. Em comparação com a candidatura encabeçada por Torcato Ribeiro em 2017, o partido obteve mais 31 votos: foram 5.028, o que corresponde a 5,53% da votação.

“As expetativas que alimentamos são as mesmas do início, até ao ultimo voto estaremos aqui à espera da decisão dos vimaranenses, ainda é cedo para falar de resultados definitivos. Há da parte da CDU o compromisso de respeito com todos os votos para trazermos melhor vida para os vimaranenses”, indicava Mariana Silva, ainda com cerca de 20 freguesias por apurar.

A também deputada à Assembleia da República deixou ainda uma mensagem de apreço aos “quase 700 candidatos” que foram para a rua “lutar por um melhor resultado”: “Mulheres e homens de luta que continuaram a lutar por uma vida melhor neste concelho”.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #13