skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
18 abril 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Da Índia ao Canadá, bloggers de viagens afluem a Guimarães em setembro

Tiago Mendes Dias
Sociedade \ sábado, maio 27, 2023
© Direitos reservados
A escrita, a fotografia e o vídeo de autores ainda oriundos de Brasil, Angola, República Checa, Espanha e Portugal sobressaem na terceira edição do ABVP Travel Fest, marcado para 23 e 24 de setembro.

O Teatro Jordão recebe, a 23 e 24 de setembro, os testemunhos dos canadianos Dave and Deb, autores do The Planet D, “um dos maiores blogues de viagens do planeta”, da ativista indiana Shivya Nath, viajante responsável pelos projetos Voices of the Rural India e Climate Conscious Travel, que “procura contribuir para um turismo não só com o impacto menos negativo possível a nível ambiental, mas até com impacto positivo”, ou o escritor português José Luís Peixoto, também reconhecido na literatura de viagens.

Esses são alguns dos nomes que dão corpo ao programa da terceira edição do ABVP Travel Fest, iniciativa que, em anos anteriores, passou pelo Porto e por Matosinhos. Autor do blogue Alma de Viajante e presidente da Associação de Bloggers de Viagem Portugueses (ABVP), Filipe Morato Gomes disse ser “uma honra” realizar o evento em Guimarães, cidade que reúne “todas as condições patrimoniais, culturais e de infraestruturas” para tornar num “sucesso gigantesco” um evento de bloggers “aberto a toda a comunidade, a pessoas que se interessam pela fotografia, pelo vídeo, pela escrita”.

“Pretendemos que as pessoas saiam daqui inquietas. Teremos videógrafos, fotógrafos, pessoas que percorrem o mundo e estão habituadas a partilhar histórias com a comunidade. Vão cumprir a missão de inspirar. Tenho a certeza de que os presentes vão sair de Guimarães inspirados com o que vai acontecer”, perspetivou.

Ao lado de Filipe Morato Gomes, o vice-presidente Rui Barbosa Batista realçou ainda que, entre os vários municípios do Norte e do Centro, bem como o município do Sul que se candidataram ao evento, Guimarães foi aquele com o qual se estabeleceu mais “empatia nos objetivos, na forma de trabalhar”. O autor e jornalista vimaranense realçou ainda não ter encontrado “muitos destinos como Guimarães” entre os mais de 100 países e as centenas de cidades que já visitou.

“É uma cidade pequena à escala europeia, mas é difícil encontrar outros destinos que consigam congregar tantas outras coisas como Guimarães, desde a parte cultural e a parte histórica até à parte de saber receber e aquilo que é genuíno na cidade, algo que se começa a perder no Porto”, referiu o autor do blogue Bornfreee.

Rui Barbosa Batista apresentou ainda outro dos nomes incluídos no cartaz: o brasileiro Guilherme Canever, autor do blogue Sai por aí e do livro Países que não existem, na sequência das visitas a 16 países não reconhecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). “Ajuda-nos a viajar de um outro modo e não daquele mais comum”, explicou.

Filipe Morato Gomes apresentou os restantes quatro oradores do evento: o checo Janek Rubes, cujo canal no YouTube “denuncia os esquemas, as falcatruas, as tourist traps, desde os esquemas da troca de dinheiro até coisas que se vendem como tradicionais e não são tradicionais” em Praga, ou os fotógrafos José Silva Pinto, de Angola, que se distingue pelo trabalho a retratar o “quotidiano das minorias étnicas” e também a vida selvagem, e Arturo Lopes Illana, de Espanha, vocacionado para “o lado mais intimista e emotivo” do mundo. Portugal estará ainda representado por Artur Carvalho e os seus trabalhos em drone.

Com bilhetes a 20 euros para associados e a 30 para o restante público, a organização disponibiliza um desconto de 50% até 10 de junho para os habitantes de Guimarães interessados em participar, tendo ao seu dispor o código “Vimaranense” para o ativar.

Rui Barbosa Batista defendeu que o evento, dotado de tradução simultânea – “não perceber inglês não é desculpa para não participar no evento” -, pode ser “extremamente importante para os jovens”, nomeadamente os das escolas secundárias, por lhes poder abrir portas para o futuro. “O que vai cada vez mais ditar o sucesso dos jovens é as soft skills. Estamos a falar de um evento inspirador, com um naipe de oradores simplesmente brilhante, com o qual as pessoas vão poder conviver. Será um momento de convívio para que Guimarães fique na história de quem participe no evento”, realçou.

 

Visitas guiadas pela cidade a 22 de setembro

Convencido de que o ABVP Travel Fest é “um evento estratégico” para Guimarães, o vereador municipal para o turismo realçou a intenção da Câmara apresentar o território a “vários agentes turísticos”, entre os quais se podem incluir os bloggers de viagens. “Estamos a falar em especialistas. Enquanto aconselhamento dos produtos turísticos é seguramente um selo de qualidade e funcionará melhor do que qualquer publicidade que possamos fazer”, frisou Paulo Lopes Silva.

O político crê ainda que a visão da ABVP Travel Fest, ao defender um turismo com ética e preocupado com a sustentabilidade ambiental, se enquadra na estratégia e posicionamento de Guimarães “enquanto destino de turismo cultural, ao mesmo tempo que aproveitaremos para promover Guimarães como turismo sustentável, como turismo de natureza, desde os produtores do enoturismo à doçaria, à gastronomia, ao comércio mais local”.

No dia 22 de setembro, sexta-feira, a Câmara vai, aliás, promover visitas guiadas gratuitas a alguns dos espaços mais reconhecidos da cidade.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: