skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
14 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Acidente A1: três mortos confirmados. Feridos graves têm mais de 65 anos

Redação
Sociedade \ sábado, maio 21, 2022
© Direitos reservados
Possivelmente causado pelo rebentamento de um pneu, o acidente com o autocarro que seguia de Figueiredo para Fátima já causou, pelo menos, três vítimas mortais entre os 38 tripulantes.

O acidente com o autocarro que saiu de Figueiredo rumo a Fátima, neste sábado, causou, até agora, três mortes, confirmou o responsável pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra, Carlos Tavares, no local do sinistro, na zona da área de serviço da Mealhada.

“Estamos a proceder ao desencarceramento e à estabilização do local, para termos segurança para retirar as duas vítimas mortais ainda encarceradas. No total, lamentamos três vítimas mortais, cinco feridos graves, seis feridos intermédios, que inspiram cuidados, 22 feridos ligeiros e duas pessoas ilesas. Estamos a falar de 36 vítimas e duas pessoas ilesas”, disse há minutos aos jornalistas.

O comandante informou ainda que a operação envolveu 57 viaturas, 130 operacionais, “entre forças de socorro e de segurança”, “incluindo um helicóptero do INEM”. A médica do INEM presente no local, Paula Neto, informou que os cinco feridos graves têm mais de 65 anos. Quanto a crianças, há duas com ferimentos ligeiros, já transportadas para o Hospital Pediátrico de Coimbra, que “não inspiram cuidados”.

Cláudio Lopes, da GNR de Anadia, reconheceu que o acidente pode ter origem no “rebentamento de um pneu” e esclareceu que o sentido Norte-Sul da A1 só vai reabrir assim que o poste de alta tensão contra o qual o autocarro embateu esteja estabilizado e “as linhas de média tensão cortadas”. O sentido Sul-Norte só reabre ao trânsito “quando os meios de socorro já não estiverem no local”.

O veículo seguia no sentido norte-sul da A1 quando se despistou ao quilómetro 212, entrando em contramão e saindo das faixas de rodagem. O alerta para o acidente foi dado às 09h29.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73