skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Agenda 2030: Guimarães recebeu a assembleia participativa do norte

Redação
Sociedade \ terça-feira, março 14, 2023
© Direitos reservados
Centro Cultural Vila Flor recebeu várias personalidades que debateram os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

A cidade de Guimarães foi a escolhida a norte para ser palco de uma das sete assembleias participativas dedicadas à Agenda 2030 das Nações Unidas que a Presidência do Conselho de Ministros está a levar a efeito, com o objetivo de perceber junto da sociedade civil quais os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) que esta entende como de implementação prioritária, e porque motivo.

Realizado esta segunda-feira – 13 de março – no Centro Cultural Vila flor, este evento contou com as presenças de participou Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães, teve a presença de André Moz Caldas, Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Pedro Cilínio, Secretário de Estado da Economia, e António Cunha, presidente da CCDR-N, bem como de um conjunto de individualidades ligadas à academia, instituições públicas e privadas, indústria, representantes de associações, entre outras franjas da sociedade civil.

Na abertura do evento, Domingos Bragança, presidente da Câmara, salientou a dimensão simbólica e histórica de Guimarães, e aproveitou o legado simbólico de conquista de D. Afonso Henriques para evidenciar a necessidade de ser vencida a batalha pelo futuro do Planeta. “Está em causa a vida como a conhecemos hoje”, frisou. O edil disse que a ideia, o projeto e o desígnio que Guimarães, enquanto cidade medida europeia, escolheu como um dos objetivos essenciais das suas políticas pode ser inspirador para a Europa e para o Mundo.

André Moz Caldas, Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, agradeceu à Câmara Municipal de Guimarães a cedência do espaço e o acolhimento, e parabenizou-a pelas boas práticas que tem demonstrado na área da sustentabilidade. O Secretário de Estado relevou a importância da Agenda 2030 e disse que Portugal, no 2.º relatório que vai entregar às Nações Unidas, incluirá todos os contributos dos vários níveis governativos, bem como os da sociedade civil.

Durante a tarde, os responsáveis do governo efetuaram visitas às empresas Kyaia, Grupo Casais e Riopele.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73