skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
02 fevereiro 2023
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Almoço de Reis juntou 600 militantes do PS de Guimarães

Redação
Política \ segunda-feira, janeiro 23, 2023
© Direitos reservados
Sede da concelhia voltará a abrir diariamente, informou Ricardo Costa. Marcara, presença o Secretário-geral Adjunto do PS, João Torres, o Secretário-geral da JS, Costa Matos e Domingos Bragança.

A comissão concelhia do Partido Socialista (PS) DE Guimarães reuniu cerca de 600 militantes no tradicional Almoço de Reis, contando com a presença do Secretário-geral Adjunto do PS nacional, João Torres, do Presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, do Secretário-geral da JS, Costa Matos.

“Com uma casa completamente lotada e num ambiente de festa, volvidas as limitações da pandemia, os socialistas de Guimarães voltaram a reunir-se em massa para festejar o início do ano mas também para acertarem discursos e ações políticas, visando vitalizar o PS local, coordenar ações e preparar o ano de 2025, em que se realizarão as próximas eleições autárquicas”, dá conta a comissão concelhia do PS.

Ricardo Costa, presidente da concelhia de Guimarães do PS, assinalou no seu discurso a força do PS de Guimarães nos contextos distrital e nacional, constituindo-se como uma das principais concelhias do país. O líder dos socialistas vimaranenses enfatizou a qualidade do trabalho dos autarcas do PS de Guimarães, em particular do Presidente da Câmara, Domingos Bragança, e no plano interno deu conta da reabertura diária da sede do PS.

A cerimónia encerrou com o discurso de Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães, que “pediu a ajuda do PS nacional e do Governo para a absoluta necessidade de garantir uma via dedicada de transporte de Guimarães à futura estação de TGV, essencial para os objetivos de descarbonização e mobilidade verde, local, regional e nacional. Indo mais longe, instou o PS nacional e o Governo a fazerem da habitação pública, particularmente para os mais jovens, um desígnio nacional, capaz de atrair e manter em Portugal uma geração com certificações académicas formais muito qualificadas, mas que precisa de ter espaço para desenvolver os seus projetos de vida.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #43