skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
29 fevereiro 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Álvaro Pacheco: “Fizemos logo dois golos e podíamos ter feito o terceiro”

Redação
Desporto \ quinta-feira, fevereiro 08, 2024
© Direitos reservados
Técnico destaca a entrada forte do Vitória em campo frente ao Gil Vicente, admitindo que o resultado podia ficar perigoso. Estabilidade da equipa foi uma das chaves do encontro.

Álvaro Pacheco considera que a passagem do Vitória SC às meias-finais da Taça de Portugal, com um triunfo sobre o Gil Vicente, é “justa” e “mérito dos seus jogadores" no triunfo por três bolas a uma sobre o conjunto de Barcelos. Na ótica do técnico, a entrada forte no encontro ajudou a que o desfecho fosse positivo.

“Foi um jogo com duas partes distintas. Uma primeira parte muito forte da nossa parte, muito agressivos a chegar a locais de finalização, fizemos dois golos e podíamos ter feito o terceiro, e penso que se o fizéssemos o Gil podia desistir um bocado. O Gil conseguiu sair e fez um golo, mas ainda tivemos capacidade para marcar”, começou por analisar o técnico na sala de imprensa do Estádio D. Afonso Henriques.

O treinador prosseguiu a análise ao encontro: “Na segunda parte o jogo ficou muito equilibrado e partido. Houve situações em que podíamos fazer o quarto golo, mas o Gil também podia ter feito o 3-2, o que podia tornar o jogo complicado. Quando o oxigénio já não chega lá acima é complicado, e o 3-2 dá ânimo a quem reduz e daí o jogo poder ficar perigoso. Mas, penso que a equipa foi capaz de se manter estável e serena, percebeu que não estávamos a sair bem e manteve-se estável no processo defensivo. Era um jogo a eliminar, a vitória é mais do que justo, mérito para os meus jogadores”, complementou.

Questionado pelo adversário que gostaria de encontrar nas meias-finais, o técnico disse que não gosta de escolher, mas ainda assim deu o seu palpite: “Pessoalmente gostava de jogar contra o Porto, porque gosto de jogar contra os melhores”, disse.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #69