skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 janeiro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Após decisão do Pinheiro, protesto nicolino suspende Assembleia Municipal

Redação
Política \ sexta-feira, novembro 26, 2021
© Direitos reservados
Um grupo de pessoas reuniu-se com caixas e bombos, ao toque do cortejo, no auditório da Universidade do Minho, o palco da sessão do órgão deliberativo. Proteção civil da Câmara não autorizou Pinheiro.

A sessão ordinária da Assembleia Municipal marcada para esta sexta-feira à noite teve de ser suspenda por causa de um protesto que se fez ao som de caixas e bombos, pontuado por uma batida característica desta época do ano. Foi ao toque do Pinheiro que, de gorro nicolino na cabeça, dezenas de pessoas protestaram contra a recusa da Câmara Municipal em autorizar o cortejo que habitualmente sai à rua a 29 de novembro.

Ao início da noite desta sexta-feira, a autarquia comunicou a decisão tomada por unanimidade na reunião da subcomissão da Proteção Civil.

“Perante o atual contexto de pandemia e verificada a evolução da situação epidemiológica, em consequência ainda da situação de calamidade anunciada pelo Governo, já a partir de 1 de dezembro, não foi autorizada a realização do cortejo do Pinheiro tendo por base a decisão unânime do “desaconselhamento” na reunião”, informou a autarquia.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: A Alma dos Negócios #8 - Albano Miguel Fernandes - AMF Safety Shoes