skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
15 abril 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Apresentações dos 7 Bairros Culturais aproximam-se do fim em Mesão Frio

Redação
Cultura \ sábado, junho 11, 2022
© Direitos reservados
A intervenção artística da Academia de Bailado de Guimarães é a penúltima de um ciclo que atravessa ainda outros seis complexos habitacionais da cidade.

Erguido à margem da Estrada Nacional 101, o complexo de habitação social de Mesão Frio vai acolher a penúltima apresentação do projeto “7Bairros Capitais_7Bairros Culturais”, promovido pela associação Capivara Azul.

Naquele empreendimento de 2001, com 24 fogos, a derradeira intervenção artística estará a cargo da Academia de Bailado de Guimarães. O momento está agendado para as 17h00 deste sábado e será o último de um roteiro que atravessou os outros bairros sob a alçada da CASFIG, empresa municipal vocacionada para a habitação social.

A viagem começou em Urgezes, com o Paisagem Invisível, trabalho performativo do coletivo ondamarela com a comunidade, a 19 e 20 de março, e prosseguiu com Ausência, projeto criado a partir de oficinas de máscaras nas Coradeiras, em Fermentões, sob a coordenação de Cristina Cunha, que foi apresentado a 09 de abril.

Também em Fermentões, o trabalho da Bando à Parte com a comunidade de Mataduços converteu-se no filme Futura Paragem, justamente sobre a falta de paragem para transportes naquele local, apresentado a 07 de maio, no Centro para os Assuntos de Arte e Arquitetura.

O projeto de pintura do empreendimento de Azurém, A vontade de colorir, teve a apresentação final a 20 de maio, enquanto a Outra Voz, grupo de expressão vocal a partir da tradição oral, participou na apresentação final do bairro do Monte de São Pedro, na mesma freguesia, a 04 de junho.

Pelo meio, os habitantes do bairro de Creixomil, com vista para a rua Oneca Mendes, participaram em dois momentos do Queixa1000, iniciativa que congrega música e quadras satíricas como forma de reivindicação, com a presença de Pedro Almeida e Raul Pereira. O trabalho em curso vai culminar numa apresentação final.

O “7Bairros Capitais_7Bairros Culturais” é um dos quatro projetos de Guimarães financiados pelo progra­ma governamental Bairros Sau­dáveis, visam a “melhoria das condições de saúde, bem-estar e qualidade de vida” em “territó­rios vulneráveis”; nesse caso específico, são 426 ha­bitações, “povoadas por grupos sociais, etários e étnicos distin­tos”.

Os outros projetos contemplados foram o “Palácio da Ima­ginação”, destinado ao Bairro da Emboladoura, em Gondar, o “CriativaMente”, dinamizado pela Comissão Social Inter-fre­guesias (CSIF) Oeste, e o “Dis­tâncias Off”, em Creixomil.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: