skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 julho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Aprovado “corredor verde” para proteger Veiga contra alterações climáticas

Redação
Ambiente \ segunda-feira, agosto 22, 2022
© Direitos reservados
Financiado a 100% pela União Europeia, o projeto de 75 mil euros contempla plantação de árvores e arbustos e melhoria dos percursos, numa intervenção a realizar até novembro de 2023.

O projeto “Corredor Verde da Veiga de Creixomil”, candidatado pela Câmara Municipal de Guimarães e pelo Laboratório da Paisagem, ao programa de Assistência à Recuperação para a Coesão e os Territórios da Europa (REACT-EU), foi aprovado.

Totalmente financiada pela União Europeia, a proposta orçada em 75 mil euros contempla o plantio de árvores, arbustos e sementeiras, o incremento da biodiversidade e melhoria dos percursos pedonais e clicáveis, aumentando desta forma a resiliência face às consequências negativas resultantes das alterações climáticas, numa área agrícola capaz de proporcionar benefícios ambientais, económicos e sociais, frisa o município. A intervenção arranca em breve, estendendo-se até novembro de 2023.

Entre as várias ações a desenvolver, destacam-se ainda a limpeza de vegetação e implementação de medidas de contenção de espécies invasoras, a limpeza do leito do rio, a remoção de resíduos, a instalação do mobiliário urbano, nomeadamente bancos, caixas ninho, hotéis para insetos, sinalética e sistemas de monitorização, ações de monitorização, informação e sensibilização, bem como a elaboração dos projetos e execução dos trabalhos de engenharia natural para a estabilização das margens.

Planície fluvial que é palco de biodiversidade, mas também de centenárias práticas agrícolas, a Veiga de Creixomil é o palco onde o rio Selho e a ribeira da Costa/Couros confluem, destacando-se também como elemento paisagístico ao largo da variante de Creixomil e às portas da cidade.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73