skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
15 abril 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

“Articulação entre poética e política” no novo ciclo expositivo do CIAJG

Tiago Mendes Dias
Cultura \ segunda-feira, fevereiro 26, 2024
© Direitos reservados
Pensada desde maio de 2023, a exposição “Terra estreita” exibe diversas visões artísticas da vida quotidiana da Palestina e da sua realidade geopolítica, inspirando-se na poesia de Mahmoud Darwish.

Várias pessoas perscrutaram os retratos, os mapas, os fragmentos ou as instalações de vídeo e de som de inúmeros quotidianos da Palestina no sábado, dia inaugural de “Terra estreita”, exposição patente no Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) até 28 de abril.

Coproduzida pela cooperativa A Oficina e pelo (un)common ground, coletivo que investiga a inscrição artística e cultural dos conflitos do Médio Oriente, a exposição reúne obras de artistas da Palestina, como Bisan Abu Eisheh, Emily Jacir, Larissa Sansour, Taysir Batniji, mas também autores de outras nacionalidades, num mosaico de perspetivas sobre aquela região do mundo. O trecho “A terra é estreita para nós”, do poeta palestiniano Mahmoud Darwish, congrega essas visões.

“Esta exposição foi pensada e programada em maio de 2023. O que nos motiva a fazer uma exposição como esta é a qualidade dos artistas, o seu trabalho artístico, o modo como as propostas que temos aqui nos fazem ver perspetivas diferentes sobre o mundo. Aqui, sobressai a articulação entre poética e política, uma característica da arte contemporânea”, realça ao Jornal de Guimarães a diretora artística do CIAJG, Marta Mestre.

A abertura contou ainda com a leitura da poesia de Darwish por vozes do coletivo (un)common ground – é formado por João Francisco Figueira (coord.), Marlene Monteiro Freitas, Miguel Figueira e Vítor Silva -, por Dima Mohammed, por Inês Lago, por Luiza Teixeira de Freitas e por Alexandra Lucas Coelho, jornalista que esteve em reportagem por um mês na Cisjordânia Ocupada, no Estado de Israel e em Jerusalém, na sequência dos acontecimentos de 07 de outubro de 2023.

A jornalista esteve depois na apresentação da nova edição de “Oriente Próximo”, livro originalmente publicado acerca de Israel e Palestina entre 2005 e 2007, há pouco atualizado, fruto dos acontecimentos de outubro, numa conversa acompanhada por dezenas de visitantes, onde se abordou as dificuldades de circulação dos palestinianos na Cisjordânia Ocupada, a impossibilidade de os jornalistas entrarem em Gaza e transmitirem uma visão mais plural sobre o conflito em curso e também a diferença de tratamento entre a guerra na Ucrânia e a guerra na Palestina.

O dia encerrou com a degustação de sabores locais e sabores do Médio Oriente, com a chancela dos palestinianos Dima Mohammed e Hindi Mesleh e da Cantina CAAA, da brasileira Ane Delazzeri e do português André Pinto.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: