skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

As “promessas por cumprir” na “centralidade em curso de Pevidém”

Bruno José Ferreira
Política \ terça-feira, maio 18, 2021
© Direitos reservados
Oposição questionou executivo relativamente à transformação prevista para o coração da Vila de Pevidém. Bragança diz que o projeto e está em curso.

O tema da centralidade da Vila de Pevidém, mais precisamente o coração da vila, esteve em destaque na reunião de câmara desta segunda-feira. Hugo Ribeiro, vereador eleito pelo PSD, trouxe este tema a discussão ainda antes da ordem do dia, questionando Domingos Braga se “vai voltar a prometer à população de Pevidém o que prometeu no primeiro mandato e não cumpriu”.

O vereador da oposição relembrou a reunião de câmara descentralizada de setembro de 2014, do dia 19, referindo que Domingos Bragança “prometeu a requalificação da Praça Francisco Inácio, eventual corte do trânsito e converter a escola EB1 para instalar a academia musical”.

Em resposta, Domingos Bragança disse que “a centralidade de Pevidém está em curso”, admitindo tratar-se de projetos que levam tempo para serem bem feitos. “Se calhar daqui a três ou quatro anos não está pronto”, frisou, revelando estar em contacto com vários intervenientes interessados, como a junta de freguesia.

“Desde que foi anunciado, já reabilitámos a antiga escola, que é hoje a instalação da Sociedade Musical de Pevidém. Já adquirimos a Fábrica do Alto para a Academia de Transformação Digital, e é também a nossa intenção comprar outra parte do edifício desta Fábrica do Alto, cinco ou seis mil metros de outra parte, para corresponder à marca cultural da Vila de Pevidém, para casa das associações culturais. Estamos a trabalhar o projeto da Escola EB 2/3 de Pevidém, de requalificação, e nessa requalificação estamos a cuidar da ligação pedonal e viária ao centro da vila. Falta ali obras de reperfilamento, de redimensionamento da rede, e temos de trabalhar a possibilidade de aquisição e terrenos que fazem, a ligação da EB 2/3, pela parte de trás, que vai ter à centralidade, à igreja”, deu conta Domingos Bragança.

O líder máximo do município informou ainda que para ligar a Escola EB 2/3 ao centro da vila está projetada a aquisição de terrenos para construir uma zona desportiva na qual sairá beneficiado o Pevidém SC, estando a ser projetado para esse espaço a Academia de Ténis João Sousa.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73