skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Avalanche invertida. Em Barcelos, Vitória volta a perder dez jogos depois

Redação
Desporto \ domingo, janeiro 28, 2024
© Direitos reservados
Golo sofrido a cinco minutos dos noventa definiu dérbi minhoto em Barcelos. Vitória SC uns furos abaixo do que tem conseguido nos últimos jogos foi pouco acutilante.

Com uma avalanche de adeptos em Barcelos, estando vitorianos em maioria em casa do Gil Vicente, essa avalanche acabou por ter o efeito inverso, com o Vitória SC a voltar a perder dez jogos depois.

Numa série de três triunfos consecutivos, o Vitória SC procurava ultrapassar, à condição, o rival Braga, mas a exibição esteve uns furos abaixo do que têm sido as prestações vitorianas esta temporada.

Sem Tiago Silva – castigado – foi Zé Carlos a saltar para a titularidade, mas o Vitória SC teve uma prestação embrulhada, com os processos demasiado lentos e sem encontrar os espaços certos para poder criar perigo.

Um remate de Nuno Santos logo no início do jogo, já no interior da área, a obrigar Andrew a fazer uma defesa apertada, ainda deixou antever uma boa prestação do Vitória SC, mas tal acabou por não se verificar, com o Gil – que apenas perdeu com o Benfica em casa – a repartir o jogo.

Ao minuto 63 o Gil Vicente enviou uma bola ao ferro e na resposta, já com João Mendes em campo, o médio disparou forte por cima do travessão, dois lances de perigo num minuto, antes do jogo se partir por completo.

Foi nessa fase, com o Vitória SC a demonstrar pouca capacidade ofensiva que o Gil Vicente chegou ao golo pelo suíço Maxime Dominguez. Cruzamento de Murilo, Mangas ainda tentou intercetar, mas a bola foi ter à cabeça de Dominguez, que de forma subtil desviou de Bruno Varela.

Travão na série positiva do Vitória SC, que volta a perder dois meses e meio depois, ao fim de dez jogos consecutivos sem saber o que era a derrota. Álvaro Pacheco ainda estreou Nelson Oliveira, nos derradeiros minutos do encontro, mas sem efeitos práticos.

Prática foi a prestação gilista, que soube ser uma equipa compacta e organizada – respeitando o momento do Vitória SC – aproveitando para ser letal quando a oportunidade surgiu. O Vitória SC volta a jogar fora de portas na próxima ronda, deslocando-se a Vizela para novo dérbi minhoto.

Vitória e Gil Vicente voltam a encontrar-se dentro de onze dias, no D. Afonso Henriques, em jogo a contar para o quartos-de-final da Taça de Portugal.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73