skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
25 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Brito manteve tudo em aberto na primeira parte antes de cair na segunda

Tiago Mendes Dias
Desporto \ domingo, setembro 24, 2023
© Direitos reservados
Formação de André Anastácio equilibrou duelo com Feirense nos primeiros 45 minutos, mas golo fogaceiro a abrir segunda parte desviou vimaranenses da rota de uma eventual surpresa.

O Brito SC ainda se equiparou ao Feirense em jogo da segunda eliminatória da Taça de Portugal, mas acabou afastado da prova rainha neste domingo à tarde: a formação de André Anastácio perdeu 2-0 com os fogaceiros, resultado que se começou a desenhar aos 54 segundos da segunda metade, num cabeceamento certeiro de Tony Shimaga, e que se consumou aos 83, num desvio de João Paredes à boca da baliza.

Os vimaranenses entraram personalizados em campo, cortando as linhas de passe interiores à formação da Segunda Liga. Ao longo da primeira parte, a equipa trajada de branco sentiu apenas dificuldades quando os laterais adversários embalavam pelas alas e ganhavam a linha final, como aconteceu aos 13 minutos, quando Lucas Silva desperdiçou a melhor oportunidade para o Feirense. De resto, o Brito anulava tudo o que havia para anular e espreitava o ataque, num esforço que se intensificou a partir dos 30 minutos, com Roger a tentar o golo por duas vezes: num remate por cima, aos 39 minutos, e num cabeceamento em deveria ter-se posicionado melhor, aos 41.

A segunda parte começou com um golpe duro, mas os britenses recusaram atirar a toalha ao chão. Até aos 65 minutos, surgiram várias vezes nas imediações da área e Macedo ensaiou o remate por duas vezes, mas à figura de João Costa. A partir daí, contudo, a equipa perdeu gás e o Feirense geriu a vantagem com serenidade, antes de a dilatar.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73