skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
18 abril 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Câmara lança concurso para a requalificação da Ponte de Soeiro

Tiago Mendes Dias
Sociedade \ sábado, outubro 08, 2022
© Direitos reservados
Publicado em Diário da República na sexta-feira, anúncio fixa preço-base de 480 mil euros para consolidação da ponte medieval entre Gondar e Serzedelo, obra reivindicada ao longo da última década.

Alvo de frequentes questões e preocupações a nível municipal e também nacional ao longo da última década, a Ponte do Soeiro pode estar prestes a encontrar a solução para chegar à outra margem. A Câmara Municipal de Guimarães lançou o concurso para a requalificação da ponte medieval na fronteira entre Gondar e Serzedelo, inserida no caminho real que ligava Porto e Guimarães, em anúncio publicado em Diário da República nesta sexta-feira.

O anúncio estabelece um preço-base de 480 mil euros – limite máximo que as empresas concorrentes não podem ultrapassar – para uma empreitada que, segundo o anúncio, visa a “consolidação de uma ponte em alvenaria de pedra” e “compreende todos os trabalhos preparatórios e acessórios, todos os fornecimentos para integração em obra e todas as prestações de serviços que sejam necessárias ao empreiteiro para cumprir as suas obrigações, conforme projeto de execução patente a concurso”.

O município fixou ainda um prazo de 20 dias para apresentação de propostas. A obra tem uma duração prevista de 240 dias, a partir do momento em que arrancar.

Ao longo da última década, cidadãos das freguesias de Gondar e de Serzedelo e também partidos políticos reivindicaram a requalificação da Ponte do Soeiro. Numa pergunta enviada em 2014 ao Governo de então, a representação da CDU na Assembleia da República vincou que a infraestrutura esteve “na mira de intervenção” a propósito da Capital Europeia da Cultura, em 2012.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: