skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Camélia de Guimarães recebeu o prémio de Árvore do Ano: “Beleza e história”

Redação
Ambiente \ sexta-feira, fevereiro 16, 2024
© Direitos reservados
Árvore do Ano em Portugal, a Camélia de Guimarães que se distingue pela "beleza e história" já recebeu o prémio. Concorre a Tree of the Year 2024 a nível europeu.

A Camélia de Guimarães recebeu esta quinta-feira o Prémio Árvore do Ano 2024 em Portugal, coroando assim a escolha dos portugueses deste exemplar da espécie camélia-japoneira que se destaca nos jardins da Villa Margaridi.

Uma “enorme alegria”, conforme deu conta José Couceiro, o anfitrião, que perante a imponente árvore que está agora na corrida a nível europeu, referiu que “este prémio representa a diversificação de património que possuímos, que não é só edificado, mas também a dimensão natural através desta árvore”.

Com a presença de várias pessoas envolvidas no processo, Rita Salgado, arquiteta proponente da candidatura, destacou que a Camélia de Guimarães “foi escolhida pela sua beleza e pela sua história”, acabando premiada num evento que “defende as árvores e a sua importância, não só em contexto rural, mas também urbano”, frisou Conceição Santos Silva, presidente UNAC, a entidade responsável pelo concurso.

Recorde-se que esta camélia-japoneira está classificada como Património de Interesse Público, juntamente com um conjunto arbóreo e mais dois exemplares isolados, integrando um jardim histórico e exemplificativo da arte de topiária, que tem valor estético e biológico.

É também por isso que Domingos Bragança atribuiu “muito simbolismo” a este prémio: “Ajuda a perceber o quão é importante cuidar do património natural”, disse o presidente da Câmara Municipal de Guimarães, inserindo-se no “caminho da sustentabilidade ambiental que Guimarães está a seguir”.

A árvore vimaranense, que tem mais de três séculos, é o representante de Portugal no concurso a nível europeu Tree of the Year 2024. As votações estão em curso.

Artigos relacionados

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73