skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Magia em dia santo: Lumungo evoca Ronaldo Fenómeno em triunfo do Vitória B

Redação
Desporto \ quarta-feira, novembro 01, 2023
© Direitos reservados
Com um golo evocativo daquele que o astro brasileiro marcou pelo Barcelona em 1996, o jovem extremo bisou no segundo triunfo seguido do Vitória B para o Campeonato de Portugal, sobre o Beira-Mar.

A explosão vitoriana nos momentos de recuperação da bola, decisiva para pulverizar a transição defensiva do Beira-Mar e para construir a goleada de 5-1, para a oitava jornada da Seríe B do Campeonato de Portugal, teve o seu expoente máximo ao minuto 41.

À boleia de um passe mal medido de Rui Sampaio, Ronaldo Lumungo deparou-se com Maurício Júnior e Pedro Santos ainda no meio-campo vitoriano; esperou pela pressão de ambos para acelerar sem cessar; deixou os adversários para trás num ápice, fez o mesmo a Diego Tavares e, quando chegou à área aveirense, driblou o adversário que ultrapassara antes de rematar para o fundo das redes, sem hipóteses de defesa para Luís Pedro. Em 01 de novembro de 2023, o extremo são-tomense evocou 12 de outubro de 1996 e o inesquecível golo do seu homónimo, Ronaldo, o fenómeno, em Santiago de Compostela, salvo as devidas diferenças de patamar competitivo.

Esse rasgo foi a joia da coroa de um fim de tarde com belos golos em Aveiro; Ruca abriu o marcador aos 20 minutos, com um remate de fora de área, bem colocado junto ao ângulo inferior direito, e Ronaldo Lumungo fez pela primeira vez o gosto ao pé aos 36, num encosto certeiro a passe de Jota. O magnífico golo do bis deu ainda mais conforto a um Vitória B que avolumou o resultado à entrada para a segunda parte, num remate de ressaca de fora da área de Gonçalo Nogueira, principal elo de ligação entre a defesa e o ataque vitorianos.

Apesar da pesada derrota, o Beira-Mar não se deixou ficar quanto à espetacularidade do seu golo: Diogo Tavares enquadrou-se com a baliza de fora da área e fuzilou as redes com um remate ao ângulo superior direito. Nos descontos, Gonçalo Pinto, saído do banco de suplentes, apontou o quinto golo vitoriano.

O Vitória B somou 10 pontos em 12 possíveis nas últimas quatro jornadas e ascendeu ao quarto lugar, com 13 pontos, tendo ultrapassado o Beira-Mar na tabela. Na nona jornada, a equipa treinada por Tozé Mendes regressa a casa para defrontar o Oliveira do Douro, sétimo classificado. O embate está marcado para as 15h00 de domingo, 05 de novembro.

 

Empate triplo na Série A

As três equipas vimaranenses da outra série empataram os seus confrontos, e todas elas pelos mesmos números: 1-1. Tal como na terceira eliminatória da Taça de Portugal, em que viria a ser eliminado, o Pevidém esteve a vencer na deslocação desta quarta-feira a Montalegre, com um golo de João Marna, mas a formação barrosã empatou na segunda parte. A equipa de André Brito ocupa a vice-liderança, agora a dois pontos do Camacha, que recebeu e venceu o Vila Real por 1-0.

Já o GDRC Os Sandinenses empatou a um golo na receção ao Vilar de Perdizes. Totas adiantou os vimaranenses num penálti convertido aos 60 minutos, mas os transmontanos empataram 12 minutos depois, por Jane Moreno. A equipa de Ricardo Martins continua na sexta posição, com 11 pontos.

Em situação mais aflitiva, o Brito defrontou o Tirsense, depois da polémica que envolveu o regresso dos homens de Santo Tirso a Portugal Continental, após o atraso do voo proveniente da Madeira e a discordância dos clubes quanto ao adiamento e possíveis novas datas do jogo. Apesar de ter concluído o jogo reduzida a nove unidades, a equipa de André Anastácio reagiu ao golo de Gil, aos 57 minutos, e selou o empate num golo de Romário, na cobrança de um livre. O Brito é 11.º, com sete pontos.

 

Futebol: Campeonato de Portugal (Série A - jornada 08)
Montalegre 1-1 Pevidém SC
Os Sandinenses 1-1 Vilar de Perdizes
Tirsense 1-1 Brito SC

 

Futebol: Campeonato de Portugal (Série B - jornada 08)
Beira Mar 1-4 Vitória B

 

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73