skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Carnaval de Pevidém inspira residência artística. O fruto vê-se na sexta

Redação
Cultura \ quinta-feira, novembro 16, 2023
© Direitos reservados
Concebido por Rolando Ferreira e Giliano Boucinha a partir de testemunhos de quem vive essa tradição, “Caretos sem máscara” sobe ao palco do Salão Paroquial de Pevidém às 21h30 de sexta-feira.

A investigação em torno do Carnaval de Pevidém, manifestação popular que há décadas, pelo menos, sobressai naquela vila de Guimarães marcada pela indústria, culminou no espetáculo “Caretos sem máscara”, que sobe ao palco do Salão Paroquial de Pevidém às 21h30 desta sexta-feira.

Apresentado ao abrigo do ExcentriCidade, programa da Câmara Municipal de Guimarães para a descentralização cultural, o espetáculo é o culminar de uma residência artística de Rolando Ferreira e Giliano Boucinha, músicos ligados a projetos como Paraguaii, Tyroliro ou Mister Roland.

Os artistas encetaram uma investigação que envolveu recolha de testemunhos e o estudo de memórias e tradições associadas a esse dia de Inverno, para criarem músicas originais que “ecoam a alma do Carnaval de Pevidém”, entrelaçando “memórias do passado com ritmos e sons contemporâneos”, lê-se na nota de apresentação do espetáculo.

Coorganizado pela Câmara Municipal de Guimarães, pela Junta de Freguesia de São Jorge de Selho, pela Sociedade Musical de Pevidém e pela associação Sol no Miral, responsável pela organização do cortejo carnavalesco daquela vila, o espetáculo dura cerca de uma hora, e os bilhetes de entrada custam um euro.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73