skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
18 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Cineclube acolhe estreia nacional de novo filme de Jonathan Glazer

Redação
Cultura \ terça-feira, janeiro 02, 2024
© Direitos reservados
O Centro Cultural Vila Flor é o primeiro local em Portugal onde será exibido “Zona de Interesse”, filme em torno da figura de Rudolf Höss, comandante nazi de Auschwitz, em 18 de janeiro.

O Cineclube de Guimarães entra em 2024 com a exibição de “Maestro”, filme de Bradley Cooper que segue a vida e obra de Leonard Bernstein, de “Dias perfeitos”, a mais recente película do alemão Wim Wenders, ou de “Zona de Interesse”, de Jonathan Glazer, em estreia nacional.

A partir das 21h15 de 18 de janeiro, uma quinta-feira, o Grande Auditório Francisca Abreu, no Centro Cultural Vila Flor (CCVF), vai acolher a primeira sessão em Portugal do mais recente filme do realizador britânico, estreado no Festival de Cannes, em 19 de maio de 2023.

A longa-metragem de 104 minutos segue Rudolf Höss, comandante da Alemanha Nazi para o campo de concentração de Auschwitz – hoje Oswiecim, no sul da Polónia -, onde se estima que tenha morrido mais de 1,1 milhões de pessoas, e a ambição de construir uma vida com todo o conforto para a sua família, numa vivenda ajardinada junto a esse campo de concentração. O filme é uma adaptação do romance homónimo de Martin Amis, lançado em 2014.

Nascido em 1965, em Londres, Jonathan Glazer distinguiu-se até agora por filmes como “Sexy Beast” (2000) ou “Under the skin” (2013).

De resto, o programa do Cineclube de Guimarães para janeiro arranca em 06 de janeiro, com o filme “Patos!”, de Guylo Homsy e Benjamin Renner, às 17h00, e prossegue no dia seguinte, com “Maestro”. A sessão de “Dias perfeitos”, filme centrado em Hirayama, um homem “calmo e satisfeito com a vida”, está marcada para 11 de janeiro.

Em 14 de janeiro, domingo à noite, o CCVF recebe “Fechar os olhos”, de Victor Erice, realizador espanhol que trabalhou na Capital Europeia da Cultura de 2012, enquanto “Lumière!”, obra de Thierry Frémaux centrada nos irmãos que deram vida à projeção de imagens, através do cinematógrafo, está marcada para 16 de fevereiro, no Pequeno Auditório do CCVF.

A programação conta ainda com “Ferrari”, de Michael Mann, filme que gravita em torno de um momento de crise na vida de Enzo Ferrari, em 21 de janeiro, e “Be Natural – A história nunca contada de Alice-Guy Blaché”, em 23 de janeiro.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73