skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Covid-19: pandemia está “controlada” em Guimarães, mas ainda não terminou

Redação
Sociedade \ terça-feira, maio 04, 2021
© Direitos reservados
Proteção Civil reuniu esta terça-feira para fazer um ponto de situação. Perspetivas são animadoras, mas não se pode baixar a guarda.

A pandemia está “controlada” em Guimarães. Esta foi a principal conclusão da reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil realizada esta terça-feira, na qual marcaram presença representantes do ACES do Alto Ave, do Centro Distrital da Segurança Social, Polícia Segurança Pública, Polícia Municipal, Hospital de Guimarães, Bombeiros das Taipas, Bombeiros de Guimarães, Cruz Vermelha e ainda os presidentes das Juntas de Freguesia.

Contudo, apesar do nível baixo de infeção, na mesma reunião, presidida por Domingos Bragança, ficou estabelecido que não dá para facilitar e a prioridade é a vacinação. A este nível, Novais de Carvalho, diretor do ACES Alto Ave, acredita que até ao final do mês ficará concluído o processo de vacinação a pessoas com mais de 60 anos.

“A Comissão Municipal de Proteção Civil aprovou por unanimidade revogar a decisão tida em sua reunião de 13 de outubro, que determinava que realização de eventos em equipamentos culturais do município e espaços públicos de Guimarães apenas estavam autorizados mediante um parecer vinculativo da Autoridade de Saúde”, dá conta o município.

Assumindo que as forças de segurança têm tido um papel ativo junto dos principais centros urbanos, Domingos Bragança reforçou a necessidade de dar seguimento ao processo de vacinação, bem como manter os níveis de proteção.

“A vacinação é importante, assim como a responsabilidade de manter-se o nível de exigência no cumprimento das regras base de proteção como o distanciamento físico, o uso da máscara e desinfeção das mãos, como seguir com rigor as regras do desconfinamento. A pandemia ainda não terminou e todos temos de fazer bem para continuarmos a desconfinar em segurança e não termos que dar passos atrás”, referiu.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73