skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Creches preocupam oposição: 471 vagas em diferentes fases de implementação

Bruno José Ferreira
Política \ quinta-feira, abril 06, 2023
© Direitos reservados
Hugo Ribeiro, vereador do PSD, alertou para a pressão existente e questionou o município pelo trabalho desenvolvido. Paula Oliveira diz que a câmara tem ido para lá das suas competências.

A oposição mostrou estar preocupada, esta quinta-feira em sede de reunião de câmara, com a “pressão” que as creches têm vindo a ser alvo, em virtude da falta de vagas. O vereador Hugo Ribeiro alertou o executivo para a necessidade de aumentar a resposta, sob pena de em setembro, no novo ano letivo, a situação poder complicar-se.

“Em setembro teremos cá os pais que não têm onde colocar os filhos”, disse, acusando a Câmara Municipal de Guimarães de saber “atempadamente” deste problema e de não “resolver”, vaticinando que podem ocorrer “problemas graves” num futuro próximo. “Para que possa haver aumento de lugares há uma infraestrutura que deve ser criada para que a segurança social dê os devidos subsídios”, enunciou.

Paula Oliveira, vereadora com a pasta da ação social, frisou que “não sendo competência do município”, esta é uma situação que “preocupa muito” e frisou que “a câmara tem feito muito, o que está ao seu alcance, e indo até mais além das suas competências”.

 A vereadora deu conta que estão neste momento a ser trabalhadas 471 novas vagas um pouco por todo o concelho, respostas estas que estão em diferentes estados de andamento. “É pura demagogia e de quem não conhece os processos pensar que se resolve de um dia para o outro”, vincou.

Paula Oliveira acrescentou que está a ser feito o trabalho em rede junto das IPSS e das instituições que dão esta resposta, no sentido de mitigar o problema. “É uma preocupação, temos feito de tudo, acompanhado as instituições, há uma lista de espera – sabemos isso – embora nessa lista existam crianças inscritas em várias creches, o que se compreende”, atirou.

Já o presidente da Câmara, referiu que este é um “problema muito grave que se está a verificar em todo o país”, lembrando que a abertura destas valências carece de vários pareceres e intervenção de várias entidades.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73