skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

DESPORTO: Vitória ombreia com Sporting mas volta a Guimarães sem pontos

Redação
Desporto \ domingo, novembro 19, 2023
© Direitos reservados
A equipa masculina do Vitória venceu o primeiro set em Lisboa, equilibrou boa parte dos dois seguintes e esteve a maior parte do quarto na frente, mas perdeu por 3-1 em jogo do campeonato de voleibol.

DOMINGO, 19 DE NOVEMBRO

Voleibol: Liga Una Seguros (jornada 11)
Sporting 3-1 Vitória SC

O Vitória igualou o patamar competitivo do Sporting e até o superou por vezes, mas perdeu por 3-1 num jogo em atraso da primeira jornada da Liga Una Seguros, realizado neste domingo. Os leões venceram com parciais de 24-26, 25-17, 25-22 e 25-22.

As equipas estiveram quase sempre lado a lado no primeiro set, com a formação de Nuno Pereira a levar a melhor nos instantes decisivos. Os vitorianos foram, porém, incapazes de repetir tal feito nos sets seguintes, apesar de terem estado a vencer por 11-5 no quarto set. O segundo desconto de tempo do treinador leonino, João Coelho, surtiu efeito na equipa da casa e o equilíbrio no parcial foi rapidamente restabelecido, toada que se manteve até aos derradeiros pontos. Os homens de Guimarães ainda fizeram o 22-20, mas sofreram cinco pontos na resposta, que fecharam o encontro.

O Vitória ocupa agora o terceiro lugar, com 22 pontos, mais um do que a Fonte do Bastardo, equipa que defronta no próximo sábado, na Praia da Vitória, na ilha Terceira (Açores).

Voleibol: Liga Solverde (jornada 11)
Vilacondense 0-3 Vitória SC

Após duas derrotas, a equipa de voleibol feminino do Vitória regressou aos triunfos este domingo, ao vencer em Vila do Conde, ascendendo assim - ainda que de forma provisória - ao quarto lugar.

Frente ao Ginásio Vilacondense, as vitorianas venceram por três sets a zero, sendo claramente mais forte. 16-25, 25-27 e 14-25 foram os parciais do jogo desta tarde.

 

SÁBADO, 18 DE NOVEMBRO

 

Andebol: Campeonato Nacional 1 (jornada 12)
Vitória SC 27-26 FC Gaia

Os 370 espetadores que se deslocaram ao Pavilhão Desportivo Unidade Vimaranense assistiram a uma noite de andebol em que o Vitória parecia caminhar para um triunfo relativamente seguro ao intervalo, momento em que tinha quatro golos de vantagem, e em que o sucesso lhe parecia escorregar pelas mãos durante a segunda parte, antes de retomar o caminho para três preciosos pontos. 

Com 15-11 ao intervalo em jogo de abertura da segunda volta, os homens de Guimarães marcaram primeiro na segunda parte, mas viram o FC Gaia empatar após um parcial de cinco golos seguidos (18-18) e a virar o resultado para 22-19. No momento mais delicado do jogo, os comandados de Eduardo Fernandes encetaram uma reação decisiva que lhes permitiu repor a igualdade e virar o marcador no final. O canhoto André Azevedo, que tanto joga a ponta como a lateral direito, destacou-se no Vitória, com 10 golos.

A equipa vimaranense ascendeu assim ao sétimo lugar, com 21 pontos, e recebe, no próximo fim de semana, o Águas Santas, quinto da tabela.

 

Voleibol: Liga Solverde (jornada 10)
Vitória SC 0-3 Benfica

Até agora infeliz nos duelos com as equipas mais fortes do campeonato, a equipa feminina do Vitória claudicou de novo num desses embates, perdendo na receção ao Benfica pela margem máxima. A equipa de Hélder Andrade discutiu apenas o primeiro set até ao último ponto, tendo sido derrotada com parciais de 24-26, 18-25 e 16-25.

Sexta classificada, com 18 pontos, a formação de Guimarães visita, no domingo, o Vilacondense, 10.º classificado, na conclusão da jornada dupla.

 

Polo Aquático: Campeonato Nacional A1 (jornada 04)
Vitória SC 22-4 Benfica

No encerramento de uma série de quatro jogos em casa a abrir o campeonato, o Vitória alcançou o triunfo mais confortável da época, perante o recém-promovido Benfica. Num encontro desnivelado, a formação de Vítor Macedo terminou o primeiro período a vencer por 7-2 e chegou ao intervalo com 12-2 no marcador. A vantagem cresceu para os 17-3 no final do terceiro quarto, antes de ser fixado o 22-4 final.

Segundo classificado, o Vitória disputa o primeiro jogo fora no dia 02 de dezembro, em Coimbra, frente ao CNAC, a partir das 15h00.

 

Futsal: Liga Placard (Jornada 09)
Torreense 9-0 Candoso

Sem qualquer ponto na competição, a jovem equipa do CR Candoso prosseguiu a travessia no deserto em Torres Vedras, no sábado à noite. A goleada de 9-0 começou a ser construída no primeiro minuto do jogo, com um autogolo de Kiko, e o resultado ao intervalo era de 6-0. Rúben Santos foi o melhor marcador do desafio, com quatro golos.

O Candoso regressa a casa em 02 de dezembro, para a receção ao Ferreira do Zêzere, marcada para as 17h30.

 

Voleibol: Liga Una Seguros (jornada 10)
Benfica 3-0 Vitória SC

O Vitória esforçou-se para manter cada um dos sets em aberto até ao fim, mas acabou derrotado pela margem máxima na visita ao pavilhão do campeão nacional e atual líder da Liga Una Seguros; a equipa de Nuno Pereira perdeu com o Benfica por parciais de 25-21, 25-22 e 25-14. 

Os vitorianos estiveram por breves períodos em vantagem, mas serviram quase sempre atrás do prejuízo, mitigando-o no primeiro e no segundo sets: os homens de Guimarães estiveram a perder por 20-13 no set inaugural e por 19-13 no segundo, antes de encurtarem as diferenças, mas não o suficiente para conquistarem pelo menos um set. A equipa ainda ombreou com os lisboetas no terceiro set, mas o equilíbrio rapidamente se desfez, com a equipa da casa a conseguir o parcial mais desnivelado.

O Vitória ocupa a segunda posição, com 22 pontos após 10 jogos, mas deve ser ultrapassado ainda neste sábado pelo Sporting, precisamente o próximo adversário, em partida marcada para as 15h00 de domingo, no Pavilhão João Rocha, em Lisboa. 

 

Basquetebol: Liga Betclic masculina (jornada 05)
Vitória SC 74-83 CD Póvoa

Vitória e CD Póvoa prolongaram o duelo da sétima jornada da Liga Betclic masculina de basquetebol por duas horas e meia, repartidas por quatro períodos regulamentares e dois prolongamentos, e a vitória dessa acirrada disputa sorriu aos poveiros. A equipa azul entrou no segundo prolongamento com um parcial de 10-0 a seu favor e geriu, a partir daí, a vantagem que lhe permitiu vencer por 84-73 igualar os vimaranenses na quinta posição da tabela, com 10 pontos, fruto de três vitórias e quatro derrotas para cada lado.

A equipa temporariamente orientada por Miguel Matos esteve quase todo o tempo regulamentar em desvantagem, fruto de uma primeira parte desinspirada. Os vitorianos perdiam por 43-28 ao intervalo, e o reatamento do encontro serviu de faísca para uma reação que encurtou o fosso para quatro pontos até ao final do terceiro período (49-45). No último quarto do desafio, a equipa da casa assumiu pela primeira vez a dianteira do marcador a sensivelmente 03.30 minutos da última buzina, num cesto de Cornelius Hudson (57-56), mas cometeu vários turnovers a partir daí, apesar de ter desperdiçado hipóteses para vencer no último ataque do quarto período, com o marcador em 61-61, e no último ataque do primeiro prolongamento (69-69), marcado pelo desacerto e pelas más decisões vitorianas no ataque.

Com vários jogadores em risco de exclusão, o Vitória diminuiu índices de agressividade a defender e foi castigado com 10 pontos consecutivos do CD Póvoa a abrir o segundo prolongamento, parcial decisivo para o triunfo poveiro. 

Um olhar pelas estatísticas indica que a eficácia da linha de lance livre fez a diferença: o CD Póvoa converteu 23 das 34 tentativas (67,6%) e o Vitória apenas seis das 19 tentativas (31,6%). Cornelius Hudson, do Vitória, foi o melhor marcador do encontro, com 21 pontos a juntar aos oito ressaltos. Os vitorianos deslocam-se a Albufeira no próximo fim de semana, para jogarem com o Imortal, 10.º classificado.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73