skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
14 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

"E a vencedora é...": já podemos votar na "Árvore do Ano de Guimarães"

Redação
Ambiente \ sexta-feira, março 04, 2022
© Direitos reservados
Em relação ao ano passado foram classificadas mais sete árvores classificadas de interesse público. A votação está aberta até 20 de março, sendo o vencedor anunciado no dia 21, Dia Mundial da Árvore.

Pelo segundo ano consecutivo o Laboratório da Paisagem promove a eleição da “Árvore do Ano de Guimarães”. Uma ação que para além de assinalar o Dia Mundial da Árvore, que se comemora a 21 de março, pretende alertar para a importância da preservação das árvores centenárias e classificadas de interesse público pelo ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas. No total há 15 destes exemplares em território vimaranense. Refira-se que em relação ao ano passado foram classificadas mais sete árvores.

Entre as opções para a “Árvore do Ano de Guimarães” de 2022 estão três Cedros-do-himalaia, todos localizados no Cemitério Municipal da Atouguia. Há também três Pinheiros-mansos, em Silvares, em Briteiros S. Salvador (Citânia de Briteiros) e em Moreira de Cónegos. Na Penha há dois exemplares classificados, um Eucalipto e um Pseudotsuga, também conhecido como Abeto-de-Douglas ou Pinheiro-do-Oregonna. No jardim do Paço dos Duques de Bragança há dois Plátanos centenários. A votação estão também duas camélias, uma na Casa de Covilhã, em Fermentões e outra na Casa de Margaride, em Mesão Frio. Também na Casa de Margaride há outros exemplares classificados, nomeadamente uma Pereira e um Dióspireiro. Por fim, pode votar na Oliveira situada nos claustros do Museu de Alberto Sampaio.

"Para que o seu voto possa ser mais consciente o Laboratória da Paisagem disponibiliza-lhe uma página com a informação mais importante de cada exemplar classificado de interesse público.  Na mesma página encontra os conjuntos arbóreos também classificados, nomeadamente do Parque da Penha, da Casa da Ribeiro, em Ponte, do Jardim do Mosteiro de Santa Marinha da Costa, do Jardim do Palácio de Vila Flor e da Casa de Margaride, que  recentemente obteve a classificação pelo ICNF", explica em comunicado a organização.

A votação está aberta até 20 de março, sendo o vencedor anunciado no dia 21, Dia Mundial da Árvore.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73