skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Em Guimarães o turismo tem selo Greentour: 19 espaços reconhecidos

Redação
Ambiente \ sexta-feira, outubro 20, 2023
© Direitos reservados
Do castelo ao Paço dos Duques, passando por unidades hoteleiras e restaurantes, 19 espaços foram distinguidos. Projeto europeu de 1,2 milhões de euros.

Dezanove estabelecimentos de Guimarães foram reconhecidos com o selo Greentour, no âmbito do projeto piloto aplicado em Guimarães, sendo um destino parceiro na aplicação e experimentação das metodologias e dos produtos desenvolvidos no âmbito do projeto.

Este projeto europeu procurou melhorar os métodos de gestão do património natural e cultural, através da implementação de redes de informação e experimentação conjunta. O objetivo foi avançar para um novo modelo ambiental, económico e social, em que simultaneamente se informa o consumidor e se obtém o seu compromisso com o meio ambiente em que se desenvolve a atividade turística. 

O Greentour é financiado pelo Programa Interreg SUDOE e teve uma duração de 28 meses e um orçamento total de 1,12 milhões de euros, sendo composto por 9 parceiros do Sudoeste da Europa (Portugal, Espanha e França). Os planos de trabalhos incluíram o desenvolvimento e implementação de uma ferramenta de avaliação dos impactes ambientais dos estabelecimentos turísticos; a elaboração e aplicação de um rótulo ambiental para estabelecimentos turísticos e a replicação, capitalização e disseminação dos resultados. 

Estabelecimentos  vimaranenses reconhecidos com o selo “Greentour”:

Casa de Minotes, Hotel da Oliveira, Pousada Mosteiro de Guimarães, Vale S. Torcato, Hotel Mestre de Avis, Guimarães Living, Parque Campismo das Taipas, A Cozinha, Restaurante D. José, Grupo Migas, Quality Tours, Teleférico, Get Green, CCVF, CIAJG, Taipas Turitermas, Castelo, Paço dos Duques e Museu Alberto Sampaio.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73