skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
16 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Emídio Guerreiro de fora da lista do PSD no círculo de Braga

Redação
Política \ quarta-feira, dezembro 08, 2021
© Direitos reservados
Político vimaranense deixa de ser deputado ao fim de 16 anos consecutivos na Assembleia da República. Comissão Política de Guimarães tinha indicado o seu nome, juntamente com o de André Coelho Lima.

Eleito pela primeira vez deputado para a Assembleia da República em 2005, Emídio Guerreiro estará ausente da próxima legislatura; o vimaranense, de 56 anos, ficou de fora da lista do PSD pelo círculo de Braga às Legislativas de 30 de janeiro. O Conselho Nacional social-democrata aprovou todos os candidatos a deputados, com 67 votos a favor, 21 contra e seis abstenções, na reunião desta terça-feira, decorrida em Évora. 

O nome do ex-secretário de Estado do Desporto (2013 a 2015) fora um dos dois indicados pela Comissão Política de Guimarães para as eleições, juntamente com o de André Coelho Lima, que encabeça novamente o distrito. No entanto, não consta do elenco. O outro político de Guimarães na lista é Bruno Fernandes; o candidato da coligação Juntos por Guimarães às últimas Autárquicas é o número 10.

Nas mais recentes eleições diretas do PSD, realizadas a 27 de novembro, Emídio Guerreiro apoiou Paulo Rangel, candidato derrotado por Rui Rio por 1.764 votos de diferença em 36.372 – Rio teve uma percentagem de 52,4% contra 47,5%. Outros apoiantes de Rangel também ficaram de fora das listas, nomeadamente os líderes das comissões políticas distritais de Faro, Cristóvão Norte, de Viseu, Pedro Alves, e de Coimbra, Paulo Leitão.

Deputado na Assembleia da República entre 2005 e 2013 e, depois da passagem pela secretaria de Estado, entre 2015 e 2019, Emídio Guerreiro prossegue a sua carreira política como deputado social-democrata na Assembleia Municipal de Guimarães. Enquanto deputado, o vimaranense foi membro efetivo da Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação e membro suplente da Comissão de Educação, Ciência, Juventude e Desporto e da Comissão de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território.

Antes, foi assessor do ministro-adjunto Luís Marques Mendes, no governo de Cavaco Silva, entre 1992 e 1995, e vereador na Câmara de Guimarães, entre 1994 e 2002.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73