skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Empresas vimaranenses em feiras têxteis de Nova Iorque e Munique

Redação
Economia \ quarta-feira, janeiro 18, 2023
© Direitos reservados
A Lemar e a Crispim Abreu estão na versão norte-americana da Première Vision, enquanto a Munich Fabric Start, na próxima semana, vai contar com a Somelos e a JOF.

A Heimtextil, em Frankfurt, é sempre o evento que anualmente move mais empresas têxteis vimaranenses – neste ano, havia 43 entre o contingente luso de 66 -, mas há outras latitudes nas quais se expõem produtos made in Guimarães.

A Lemar, especializada em tecidos de moda masculina para banho a partir da sua unidade em Pevidém, e a Crispim Abreu, produtora de malhas de Serzedelo, estão em Nova Iorque desde terça-feira, para a Première Vision New York, ao abrigo de uma iniciativa da Selectiva Moda e da Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que levou aos Estados Unidos seis empresas.

De 24 a 26 de janeiro, a Somelos, de Ronfe, e a JOF, de Aldão, serão duas das 16 empresas portuguesas na Munich Fabric Start, evento ligado à sustentabilidade e digitalização na indústria têxtil, que vai mostrar cerca de 600 tecidos de base biológica, reciclada, reciclável ou de origem regenerativa; o certame desenrola-se, aliás, sob o tema SusTec-ification, que vai apresentar as novas tendências primavera-verão de 2024. 

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73