skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Estrutura ruiu em 23 minutos: Vitória SC sofre derrota pesada (5-1) na Luz

Redação
Desporto \ sábado, março 18, 2023
© Direitos reservados
Prestação demasiado tímida da equipa de Moreno, acaba por deixar o Vitória SC à mercê do Benfica. Os vimaranenses continuam em quinto, mas vêm o Arouca ganhar terreno depois do empate com o Paços.

O Vitória SC saiu vergado por uma derrota pesada do Estádio da Luz por cinco bolas a uma, sofrendo o desaire mais pesado da temporada até agora com uma prestação muito desinspirada.

Sem Ibrahima Bamba – lesionado – Moreno optou por uma estrutura tática diferente do habitual, abdicando da linha de três defesas para povoar o meio campo, acrescentando André André à equipa para se juntar a Tiago Silva e Dani Silva, ainda que este último recuasse muitas vezes no terreno.

Tímido, praticamente sem iniciativa e a jogar visivelmente em esforço perante um Benfica muito mais tranquilo, o Vitória SC sofreu o primeiro golo logo aos treze minutos e acabou por ruir, sofrendo três minutos em apenas 23 minutos.

O primeiro golo foi apontado por Gonçalo Ramos, ao aparecer sozinho no coração da área depois de o cruzamento de Florentino ter sido desviado em Rafa. Ao minuto 28 João Mário fez o segundo ao bater Celton Biai – em estreia na baliza – na transformação de um penálti a penalizar uma pretensa falta de André Amaro sobre Rafa.

O terceiro, novamente por João Mário, aconteceu ainda antes do intervalo em mais um lance infeliz do Vitória SC. O corte de André Amaro ressaltou no adversário, ficando em posição de isolar o médio encarnado, que de pé esquerdo fez o segundo da tarde.

Sem capacidade de reação, o conjunto de Moreno chegou ao intervalo numa posição frágil, percebendo-se desde logo que as hipóteses de tirar dividendos do jogo eram praticamente nulas. Um cenário que se agudizou com o quarto encarnado, na própria baliza, por Dani Silva.

O máximo que o Vitória conseguiu foi reduzir a desvantagem, já com Safira em campo, ao chegar ao golo quando havia dez minutos para se jogar. Safia rompeu pela esquerda, passando depois atrasado para André Silva encostar.

Um golo envergonhado, tal como a prestação global da equipa, antes do Benfica fechar a contagem num dos últimos minutos. António Silva, com um golpe de cabeça, fez avolumar os números, impondo a derrota mais pesada da época ao Vitória SC.

Segundo desaire consecutivo do conjunto vimaranense, após uma série de seis jogos sem perder. O quinto lugar esteve ameaçado, mas o Arouca não conseguiu vencer o Paços de Ferreira, mantendo-se o Vitória SC no último posto de acesso europeu, agora com uma margem de dois pontos.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73