skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
25 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Fábrica do Arquinho: projeto de 10M€ para lançar obra a concurso este mês

Bruno José Ferreira
Sociedade \ terça-feira, março 05, 2024
© Direitos reservados
Praça sobre um dos edifícios, com vista panorâmica sobre a cidade, vai ajudar a atenuar o desnível desta zona. Projeto contempla uma atravessamento pedonal entre a rua de Couros e a rua recém criada.

O projeto de requalificação da Fábrica do Arquinho, onde será instalada a Escola de Engenharia Aeroespacial e o Fibrenamics, está pronto e em fase de validação, sendo que Domingos Bragança espera lançar a obra a concurso ainda no decorrer deste mês de março, confirmou o presidente do município à margem da apresentação do Guimarães Space Hub.

A reabilitação deste complexo fabril, que está em ruína, implica" um investimento de 10 a 12 milhões de euros”, que Domingos Bragança espera que possa vir a ser financiado pelo PRR, ou pelo Portugal 2030, sendo, de qualquer das formas, um projeto para “lançar a concurso e avançar”.

Esta terça-feira foi apresentado sumariamente o projeto, em que o “arquinho” existente na rua de Couros mantém-se de forma simbólica, assim como a chaminé laranja, deforma a que o espaço mantenha traços do passado. “Reabilitar a Fábrica do Arquinho representa um exemplo de como podemos valorizar o nosso património, porque dar um novo uso a estas unidades fabris é valorizar a sua história”, frisou Bruno André.

O arquiteto responsável pelo projeto, através de concurso público, deu conta que serão aproveitados edifícios existentes, sendo complementados por novas estruturas num espaço que terá um auditório num edifício comum, todas as necessidades intrínsecas a esta atividade - corredores de vento, sala superior de controlo de satélites, cargas e descargas de grandes dimensões - e ainda uma adaptação exterior ao espaço envolvente.

Para fazer face ao desnível de quase 20 metros desde o novo arruamento (rua Bairro C), será criada uma praça no topo do edifício do Fibrenamics, com vista panorâmica para a cidade, assim como outros espaços públicos e uma zona de atravessamento pedonal através de escadas entre a rua de Couros e a nova rua Bairro C.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73