skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Festival Mucho Flow apresenta primeira dezena de nomes para 2024

Redação
Cultura \ quarta-feira, maio 22, 2024
© Direitos reservados
Montra dos nomes alternativos e underground regressa entre 31 de outubro e 02 de novembro, com propostas, da pop à eletrónica, dos Estados Unidos ao Japão, passando pelo Egito.

Os primeiros contornos da 11.ª edição do Mucho Flow já são públicos, antecipando um outono em Guimarães em que o espetro sonoro oscila entre o etéreo e o suave à batida veloz, insistente e agressiva. Na primeira extremidade desse espetro, podemos encontrar Clarissa Connelly, com o recém‐lançado álbum “World of work”, ou Anastasia Coope; na outra, temos Alex Wilcox ou Gabber Eleganza, com propostas vocacionadas para o clubbing.

Pelo meio, emergem várias sensibilidades criativas, ora com vozes e instrumentais mais límpidos, ora mais distorcidos, quando não submersos nas infindáveis possibilidades da eletrónica. As origens também são várias: a dupla Snow Strippers provém dos Estados Unidos e os Hypnosis Therapy do Japão. Nadah El Shazly é uma artista egípcia, com uma proposta em que as letras em árabe se distinguem entre um emaranhado de rock, eletrónica e música experimental.

Os Papaya são os representantes lusos numa primeira lista que inclui ainda Still House Plants e University. Com chancela da promotora e editora vimaranense Revolve, o Mucho Flow decorre entre 31 de outubro e 02 de novembro.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73