skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
15 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Pedro Sousa e Francisca Jorge são os atletas de 2023 na Gala do Desporto

Tiago Mendes Dias
Desporto \ domingo, julho 02, 2023
© Direitos reservados
O jogador vitoriano de polo aquático e a melhor tenista portuguesa foram distinguidos no Multiusos. Ângelo Fernandes, do kempo, e Vitória Dias, do jiu jitsu, são as revelações.

Campeão nacional de polo aquático nas últimas sete épocas, três ao serviço do Fluvial e quatro do Vitória, Pedro Sousa é o atleta masculino de 2023 em Guimarães, sucedendo a João Costa, da natação do Vitória. Finalista vencida em 2022, Francisca Jorge é a mais bem cotada tenista portuguesa da atualidade, no 281.º lugar do ranking WTA, e foi considerada a melhor atleta feminina pela comissão de avaliação da Gala do Desporto, realizada este sábado no Multiusos de Guimarães.

Ano após ano, os atletas vencedores recebem, cada um, uma bolsa de formação desportiva de 2.500 euros, com Pedro Sousa, melhor marcador do campeonato 2022/23 de polo aquático, a revelar que esse dinheiro vai ser entregue à secção; afinal, disse, é impossível ser-se campeão sozinho naquele desporto por muito que o rendimento seja elevado. Pedro Gil, do xadrez do Vitória SC, e Nuno Mendes, do kickboxing do Vitória, eram os outros finalistas.

No caso feminino, a mãe de Francisca Jorge, Carla Cardoso, recebeu o prémio, já que a tenista está a competir no estrangeiro. Como Francisca recebe uma bolsa de apoio ao mérito desportivo da Câmara Municipal de Guimarães, a bolsa foi atribuída a Sofia Smerteniuk, a segunda atleta mais votada. Refugiada da guerra na Ucrânia, a ginasta do Guimagym, oriunda de Kiev, agradeceu a bolsa e também o acolhimento que o clube lhe proporcionou. Francisca Machado, da Associação Juvenil Karaté de Portugal, foi a outra finalista para atleta do ano.

Já as revelações de 2023 são Ângelo Fernandes, atleta de kempo na KTF Team, e Vitória Dias, atleta de jiu jitsu no Vitória. Com mais votos do que as futebolistas Francisca Castro (Vitória SC) e Rita Cunha (Tabuadelo), a lutadora disse inspirar-se no exemplo do pai e treinador, Ulisses Dias, e querer continuar a melhorar para competir ao “mais alto nível”. Vitória Dias vai receber uma bolsa de formação desportiva de 2.000 euros, distribuída em 10 mensalidades, assim como Ângelo Fernandes, que está a competir no estrangeiro e teve mais votos do que Guilherme Silva, ginasta do Guimagym, e José Pedro Jordão, atleta de polo aquático.

Também João Carlos Ribeiro, do judo adaptado da Cercigui, recebe a bolsa de 2.000 euros, como melhor atleta em desporto adaptado. O atleta subiu ao palco para receber o prémio, tendo vincado o quanto gosta de praticar judo.

 

Vitória Dias, do jiu jitsu do Vitória, é a Jovem Revelação Feminina de 2023

Vitória Dias, do jiu jitsu do Vitória, é a Jovem Revelação Feminina de 2023

 

Paula Ferrão e Rui Costa homenageados

No evento apresentado por Vítor Lopes e Catarina Moreira, com várias centenas de pessoas a assistirem, o primeiro prémio da noite foi entregue a Paula Ferrão, antiga atleta que foi presidente do Xico Andebol e que agora exerce funções no Guimagym. A dirigente realçou que a sua principal motivação sempre foi ajudar os mais jovens a afirmarem-se no desporto e enalteceu a ajuda do seu malogrado marido em todo o trabalho que desempenhou como dirigente desportiva.

Já Rui Costa, ex-nadador e agora treinador do irmão João Costa e de outros atletas no Vitória SC, agradeceu à comunidade vimaranense por toda a atenção que tem dado à natação. A Gala premiou também os 100 anos do Clube Caçadores da Taipas. Fundado a 23 de novembro de 1923, o segundo clube mais antigo de Guimarães recebeu o Grande Prémio do Júri. Membro da direção, Luís Mendes recebeu o galardão, prometendo trabalho para valorizar a formação e fazer crescer o emblema do javali.

O Guimagym recebeu o prémio de Ética no Desporto, face ao acolhimento de seis ginastas refugiadas da guerra na Ucrânia e respetivas famílias, com o vice-presidente Marco Pina a salientar que esse ato reflete os valores do clube. “A nossa terra é também a terra destas ginastas”, disse.

O projeto desportivo do ano, atribuído pela segunda vez, é o “Golfe na escola”, pela formação que a UCDR Guardizela presta aos alunos da EB 2 e 3 Virgínia Moura, em Moreira de Cónegos, no campo de golfe de Guardizela. Arminda Soares, do Centro Social de Guardizela, enalteceu o trabalho do presidente do clube, Manuel Silva, e da diretora do Agrupamento de Escolas Virgínia Moura, Maria de Jesus Carvalho, para esse contacto entre uma modalidade associada a uma elite e alunos sem condições económicas para teoricamente a praticarem.

Dirigente desportivo do ano, Pedro Ribeiro, do polo aquático do Vitória, agradeceu o prémio a toda a secção, desde atletas a treinadores.

O evento ficou ainda marcado por uma falha energética na parte final, quando já estavam a ser entregues as medalhas da Mérito Desportivo a todos os clubes e atletas de Guimarães que conquistaram títulos de campeonatos regionais, nacionais e internacionais.

 

 

Gala do Desporto 2023 - Premiados

 

PRÉMIO HOMENAGEM

Paula Ferrão (ex-presidente do Xico Andebol e dirigente do Guimagym)

 

PRÉMIO CARREIRA

Rui Costa (ex-nadador e treinador de natação no Vitória)

 

PRÉMIO DIRIGENTE DESPORTIVO DO ANO

Pedro Ribeiro (Pólo Aquático – Vitória SC)

 

PROJETO DESPORTIVO DO ANO

Projeto Golfe na Escola – UCRD Guardizela e EB 2 e 3 Virgínia Moura

 

PRÉMIO DESPORTO ADAPTADO

João Carlos Ribeiro – Judo (CERCIGUI)

 

GRANDE PRÉMIO DO JÚRI

Clube Caçadores das Taipas

 

ATLETA DO ANO FEMININA

Francisca Jorge (Clube de Ténis de Guimarães – Ténis)

 

ATLETA DO ANO MASCULINO

Pedro Sousa (Vitória SC – Pólo Aquático)

 

JOVEM REVELAÇÃO FEMININA

Vitória Dias (Vitória SC – Jiu-Jitsu)

 

JOVEM REVELAÇÃO MASCULINA

Ângelo Fernandes (KTF Team – Kempo)

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73