skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Câmara lança coleção de poesia de Guilherme de Faria no centenário da morte

Redação
Cultura \ quarta-feira, setembro 27, 2023
© Direitos reservados
Na sexta-feira, a partir das 18h00, o Arquivo Municipal Alfredo Pimenta recebe a apresentação do primeiro de três volumes da obra poética do autor que morreu aos 21 anos.

O primeiro de três volumes da coleção "Guilherme de Faria: Poesia" vai ser lançado na sexta-feira, a partir das 18h00, no Arquivo Municipal Alfredo Pimenta, anunciou esta quarta-feira a Câmara Municipal de Guimarães.

A iniciativa assinala o centenário da morte do poeta vimaranense, ocorrida em 04 de janeiro de 1929, e tenta devolver-lhe “um lugar de destaque na história da literatura portuguesa”, através da edição e apresentação de três volumes da sua obra poética, ao longo dos próximos anos.

“Este volume inaugural pretende dar a conhecer a riqueza poética que emanou deste talentoso autor, permitindo que os leitores de hoje se conectem com a sensibilidade única que caracterizou a sua escrita”, vinca a autarquia, a propósito de um autor que nasceu em 06 de outubro de 1907, em Guimarães, e se mudou para Lisboa em 1919, com a família, tendo publicado sete livros de poesia.

A apresentação do segundo volume da coleção, destinado a aprofundar a compreensão da evolução da sua escrita, está marcada para 2024, e do terceiro volume, intitulado "Guilherme de Faria: Testemunhos e Receção na Imprensa - Coletânea", para 2025. “Este volume será uma oportunidade única para explorar a forma como a obra foi recebida e interpretada pela imprensa e pela crítica literária da época”, acrescenta a nota de imprensa.

“Esta homenagem ao poeta é uma prova do compromisso de Guimarães em preservar a sua rica herança cultural e literária e compartilhá-la com as gerações futuras. O centenário da morte de Guilherme de Faria será um período de redescoberta e celebração da sua contribuição para a literatura nacional”, conclui a Câmara Municipal.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73