skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
01 dezembro 2021
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Guimarães na rota do Dia Europeu do Património Académico com selo UMinho

Redação
Cultura \ terça-feira, novembro 16, 2021
© Direitos reservados
Conjunto de visitas à Biblioteca Pública, ao Arquivo Distrital, ao Museu Nogueira da Silva, à Casa Museu de Monção, à Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva e à Casa de Sarmento na agenda.

A Universidade do Minho (UMinho) vai assinalar no próximo dia 18 de novembro o Dia Europeu do Património Académico com um programa que irá decorrer em diferentes espaços das suas unidades culturais e diferenciadas. A iniciativa pretende consolidar o património universitário como uma rede indispensável para a compreensão do mundo e para a consolidação das narrativas que interligam o passado, o presente e o futuro. As atividades propostas pretendem tirar partido dos diversificados patrimónios custodiados pelas Unidades Culturais e Diferenciadas da UMinho, quer em Braga, quer em Guimarães, a que acrescem os espaços reservados à exposição e a eventos, sobretudo localizados no Largo do Paço, designadamente a Galeria do Paço e o Salão Medieval.

"A agenda de atividades oferecidas inclui vários momentos com destaque para um conjunto de visitas à Biblioteca Pública, ao Arquivo Distrital, ao Museu Nogueira da Silva, à Casa Museu de Monção, à Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva e à Casa de Sarmento. Haverá ainda um conjunto de quatro exposições patentes na Galeria do Paço, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva e no Lounge da Biblioteca Geral do Campus de Gualtar e duas atividades que irão tirar partido do contexto de interação digital da Casa do Conhecimento e do Museu Virtual da Lusofonia", indica em comunicado a instituição.

Do plano de atividades organizadas consta ainda a realização de dois espetáculos, um que dá expressão às atividades do Instituto Confúcio da UMinho, a acontecer na manhã do dia 18, no átrio do CPII, e um concerto de Luca Argel, no mesmo dia, a acontecer no Salão Medieval, a partir das 21:30.

A programação deste dia dedicado ao Património Cultural da Universidade do Minho ficou a cargo da vice-reitoria para a Cultura e Sociedade e contou com a colaboração dos responsáveis das unidades culturais, diferenciadas, da Unidade de Serviços de Documentação e Bibliotecas e dos Municípios de Braga e Guimarães, bem como dos docentes que foram contactados para apoiar as iniciativas. A sinergia que tornou possível este programa permite destacar a disponibilidade de todos para trabalhar em rede e a enorme vantagem deste modo coletivo de estar que permite reforçar a identidade da Instituição e a sua estreita articulação com o território.

Esta iniciativa pretende evidenciar a “Rede” de ativos patrimoniais da Instituição e, simultaneamente, estruturá-los numa “Rota” de visitação tanto para a comunidade académica, como para o público em geral e dá resposta a um desafio lançado pela Comissão de Arte e Cultura do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas no sentido de as universidades sinalizarem o seu património cultural de uma forma integrada. As celebrações inserem-se na iniciativa Dia Europeu do Património Académico instituído pela European University Heritage Network.

Pub

Artigos relacionados

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #16