skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
01 dezembro 2021
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Há brinquedos a caminho de crianças com paralisia cerebral. E podemos doar

Redação
Sociedade \ quinta-feira, novembro 18, 2021
© Direitos reservados
Guimarães vai adaptar peluches e bonecos eletrónicos para crianças com necessidades especiais. O professor Fernando Ribeiro volta a encabeçar os voluntários e toda a ajuda e doações são bem-vindas

Guimarães vai voltar a adaptar brinquedos para crianças com paralisia cerebral, gesto que se repete desde 2006. No Laboratório de Automação e Robótica, no campus de Azurém, em Guimarães, de 07 a 10 de dezembro, uma equipa de voluntários encabeçada pelo professor Fernando Ribeiro, vai transformar brinquedos para alegrar o Natal destas crianças.

Mas para que os "duendes" trabalhem é preciso um elemento essencial: brinquedos. "Os brinquedos ideais para serem transformados pelo professor Fernando Ribeiro, da Universidade do Minho, são peluches e bonecos eletrónicos (com luz, som e movimento)", indica o Agrupamento de Escolas das Taipas. 

O repto deste agrupamento vai ecoar por outros e todos podemos doar para ajudar nesta iniciativa. A adaptação a cargo de Fernando Ribeiro repete-se e transforma um brinquedo "de forma barata" num que pode ser usado por crianças com necessidades especiais. 

Para receber um brinquedo alterado, basta enviar um e-mail para geral@saluslive.pt

 

Artigos relacionados

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #16