skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
13 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Há nove cidades candidatas a CVE 2026. Guimarães tem companhia de Braga

Redação
Sociedade \ sexta-feira, maio 17, 2024
© Direitos reservados
Trio de finalistas vai ser conhecido no verão, antes de se conhecer a cidade eleita em 24 de outubro, em Valência. Além de Guimarães, a cidade romena de Brasov é a única a repetir candidatura de 2025.

A lista de candidaturas ao título de Capital Verde Europeia (CVE) em 2026 inclui nove cidades, entre as quais Guimarães, cidade que já anunciara essa intenção através da Câmara Municipal. Desta vez, o território vimaranense tem a companhia de mais um representante luso: no caso, é o vizinho município de Braga, que tenta pela primeira vez obter a distinção.

Guimarães candidata‐se pela terceira vez a CVE, depois de ter obtido o quinto lugar entre as 12 cidades que quiseram ostentar esse estatuto em 2020 – Lisboa venceu essa corrida – e de ter sido uma das três finalistas para 2025, a par da capital lituana, Vílnius, a vencedora, e de Graz, na Áustria.

Anunciada nesta quinta‐feira, o leque de cidades candidatas ao prémio da Comissão Europeia inclui ainda a cidade romena de Brasov, a outra cidade, a par de Guimarães, que já se candidatara para 2025, a cidade andaluz de Córdoba (Espanha), Riga, capital da Letónia, Heilbronn (Alemanha), Klagenfurt (Áustria), Linz (Áustria) e Rybnik (Polónia).

Durante os próximos dias, um painel de sete especialistas independentes irá iniciar uma avaliação técnica de cada candidatura, com a elaboração de relatórios individuais de avaliação técnica, com conclusão prevista até junho, e a lista restrita de cidades finalistas a ser anunciada durante o verão. Quanto aos vencedores, serão anunciados a 24 de outubro de 2024 numa cerimónia de entrega de prémios em Valência, Espanha, a Capital Verde Europeia deste ano. A cidade eleita recebe um prémio de 600 mil euros.

Em outubro, as cidades finalistas serão convidadas para, perante um painel de júri internacional presidido pela Comissão Europeia, apresentar a sua estratégia de comunicação juntamente com um plano de ação sobre como pretendem cumprir o ano Europeu da Capital Verde, caso vençam.

Para o prémio Folha Verde Europeia 2026, destinado a cidades com menos de 20 mil habitantes, há três concorrentes portuguesas, Estarreja, Águeda e Mafra, além de Esplugues de Llobregat (Espanha), Garges-lès-Gonesse (França), Livry-Gargan (França), Olbia (Itália), Pszczyna (Polónia), Saint-Quentin (França), Sant Boi de Llobregat (Espanha), Sant Joan Despí (Espanha) e Vaasa (Finlândia). A candidata eleita recebe 200 mil euros.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73