skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
18 abril 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Histórias de família e jazz de Berlim ocupam o fim de semana do CCVF

Redação
Cultura \ quarta-feira, dezembro 13, 2023
© Direitos reservados
Na sexta-feira, a peça “As Castro” reúne histórias a partir de 300 antepassados da sua criadora, Raquel Castro, principalmente de mulheres. No sábado, os Jazzanova apresentam o mais recente trabalho.

Os sussurros de uma árvore genealógica que remonta ao século XVIII e os timbres de Berlim, de um jazz embebido em funk e em música eletrónica, são a força motriz do próximo semana no Centro Cultural Vila Flor (CCVF).

A partir das 21h30 de sexta-feira, o Pequeno Auditório recebe “As Castro”, um trabalho da atriz, encenadora e dramaturga Raquel Castro explora as histórias e os segredos da sua família a partir de 300 antepassados, num espetáculo com interpretação de Tânia Alves, Tónan Quito, Sara Inês Gigante e Sara de Castro. Os nomes dessa árvore traçada por Rui Árias Ribeiro ganham vida, assim como os lugares onde viveram, os seus ofícios e as memórias que daí advêm.

A mãe e a avó materna são as protagonistas de um desfile de personagens que também dá um vislumbre do caminho traçado por Portugal em mais de 200 anos. A omissão das profissões das mulheres de antigamente é uma das ideias que sobressai no espetáculo, a partir do exemplo da trisavó de Raquel Castro, tanoeira. “Não era hábito referir as profissões das mulheres”, realça a criadora, citada pela nota de imprensa da cooperativa A Oficina, responsável pela programação e equipamentos municipais para as artes. Os bilhetes para o espetáculo custam entre 5 e 7,5 euros, havendo ainda dezenas de lugares disponíveis.

No sábado, os Jazzanova protagonizam em Guimarães o segundo de três concertos na passagem de dezembro por Portugal. Depois do Lisboa ao Vivo na sexta-feira, o coletivo fundado na Berlim de 1995, por nomes como Alexander Barck, Claas Brieler, Jürgen von Knoblauch, Roskow Kretschmann, Stefan Leisering e Axel Reinemer apresenta o mais recente trabalho, uma recriação de vários sucessos da Strata Record, editora de Detroit, num espetáculo com DJ Amir como convidado, que começa às 21h30, no Grande Auditório Francisca Abreu, no CCVF.

Além dos temas de “Strata Records – The Sound of Detroit – Reimagined by Jazzanova”, a formação germânica promote apresentar criações da fase inicial da carreira, marcado por um jazz que incorporava elementos do chill-out, estilo de música eletrónica reconhecido pelo ambiente relaxado. Os bilhetes custam 28 euros para um espetáculo ainda longe de esgotado, com dezenas de lugares disponíveis.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: