skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
14 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

“Humilde, mas com ambições fortes”: Assim nasce o Atlético da Costa

Bruno José Ferreira
Desporto \ sábado, julho 22, 2023
© Direitos reservados
Clube pioneiro no futebol 11 na freguesia de Costa. Começa pelo futebol popular, mas quer chegar à AF Braga. Primeira casa é em Matamá; em marcha um projeto de construção de um campo.

Foi dado na manhã deste sábado o pontapé de saída, do ponto de vista oficial, de um novo clube vimaranense: o Atlético da Costa, que tal como indica está sediado na freguesia de Costa, que “nunca teve historial de futebol 11” e terá agora uma equipa a competir, inicialmente na Associação de Futebol Popular de Guimarães.

“O atual presidente da junta de Freguesia da Costa, Vítor Matos, tem como objetivo unir cada vez mais a freguesia. Nesse contexto surgiu a ideia, porque a Costa nunca teve historial de futebol de 11, de criar um clube novo, de forma a galvanizar os apaixonados pelo futebol na freguesia”, deu conta o presidente do clube, Alberto Filipe Oliveira.

Um clube “humilde, mas com ambições ricas no associativismo”, destaca, até porque o clube pretende desenvolver a sua atividade para lá do futebol, tendo a intenção de dinamizar a freguesia sob o ponto de vista cultural, associativo, solidário e noutras vertentes.

No que ao futebol diz respeito, o clube já tem a equipa formada, a equipa técnica será liderada por Tiago Pinto, sendo que a ambição passa por chegar à AF Braga. “Inicialmente a ambição era fazer parte dos quadros competitivos da AF Braga, mas entendemos que era um passado grande. Decidimos começar pelo Futebol Popular de Guimarães, vamos adquirir experiência competitiva e institucional e capitalizar mais pessoas para se envolverem com o clube”, disse Filipe Oliveira.

O clube começará por jogar nas instalações do Pantera de Matamá, numa freguesia vizinha, mas “há um projeto já bem enraizado com a Câmara Municipal de Guimarães e com duas freguesias, Costa e Mesão Frio, para podermos fazer desse recinto a nossa casa, num terreno que faz parte da Costa”.

 

“Vejo surgir este projeto com muita satisfação”

Vítor Matos, presidente da Junta de Freguesia da Costa

“Foi com muita satisfação que vimos ser apresentado o projeto. É bom ver que a sociedade civil apresenta projetos. Aqui na Costa, no centro cidade, temos mais um clube para satisfazer o futebol 11, há muitas escolas de formação, mas os adultos não têm onde praticar. Será um projeto de sucesso certamente”.

 

“Espero poder colaborar em prol da comunidade”

Diogo Ferreira, presidente da Assembleia Geral do Atlético da Costa

“Aqui na Costa temos um historial muito grande em termos desportivos. O Filipe formulou-me o convite para ser o presidente da assembleia geral, e aceitei com muito gosto, é esse o espírito que tenho, poder trabalhar e colaborar, dentro do que é possível, em prol da comunidade”.  

 

“Projetos com pernas para andar”

Pedro Carvalho, presidente do conselho fiscal

“Este é um clube embrionário, uma aposta da freguesia da costa, dos seus habitantes, eu sou natural de Pevidém, mas fui adotado desde 1998 aqui na Costa, e apoio este tipo de projetos desportivos e estas iniciativas que proporcionam condições para os jovens desenvolverem atividades desportivas, e não só. Penso que é um projeto com pernas para andar, é um clube da freguesia, de Guimarães e para Guimarães”.

 

ÓRGÃOS SOCIAIS DO ATLÉTICO DA COSTA

Direção

Presidente – Alberto Filipe Oliveira;

Vice-presidentes: Nuno Martins, Tiago Pinto e João Faria;

 

Conselho Fiscal

Presidente – João Mendes

Vice-presidente – Pedro Carvalho

Vogal – Fernando Silva

 

Assembleia Geral

Presidente – Diogo Ferreira

Vice-presidente – Cláudia Martins

Vogal – João Pedro Novais

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73