skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
22 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Inauguração do supercomputador marcada para 06 de setembro, em Azurém

Redação
Ciência & Tecnologia \ sexta-feira, agosto 18, 2023
© Direitos reservados
Votado em reunião de Câmara para ser instalado no Avepark, o Deucalion foi provisoriamente instalado no campus de Azurém. A máquina realiza 10 biliões de cálculos por segundo.

A inauguração do Deucalion, um dos quatro supercomputadores que vão funcionar em Portugal sob coordenação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, está marcada para as 14h30 de 06 de setembro, adiantou a Universidade do Minho (UMinho), através do sítio oficial. A cerimónia está agendada para as 14h30, na Escola de Arquitetura, Arte e Design, no campus de Azurém, local onde foi instalado provisoriamente no início deste ano.

Alvo de um investimento de cerca de 20 milhões de euros, financiado pela União Europeia (35%) e pela FCT (65%), o equipamento realiza 10 biliões de operações por segundo e vai estar aberto à comunidade científica nacional depois de ter estado em testes até ao final de julho.

A previsão inicial era a de que o Deucalion começasse a funcionar no início de 2022, no designado Minho Advanced Computing Centre (MACC), no Avepark, em Barco, após ter sido votada em reunião de Câmara a proposta de instalação do supercomputador no Avepark, num acordo entre o município, a UMinho e a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

“O atraso na instalação do Deucalion, face às previsões iniciais, deveu-se a alguns imponderáveis que surgiram no decurso desta fase inicial do projeto”, referiu uma nota do Ministério para a Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, citada pelo Jornal de Guimarães em 07 de março.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73