skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
24 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

João Sousa: “Mantenho o desejo de continuar a tentar fazer crescer o ténis”

Redação
Desporto \ terça-feira, fevereiro 27, 2024
© Direitos reservados
Apesar dos “sinais extremos de cansaço” na derradeira fase da carreira de tenista, vimaranense promete continuar ligado à modalidade com “dedicação e entusiasmo”.

O fim do dia a dia de tenista não é, necessariamente, o fim da ligação de João Sousa à modalidade que o projetou pelo mundo inteiro. O anúncio do fim da carreira, proferido esta terça-feira em conferência de imprensa, surge numa altura em que o melhor português de sempre, número 28 do mundo em maio de 2016, se ressente das lesões sentidas ao longo dos últimos anos, sobretudo nas costas.

“O meu corpo e a minha mente têm demonstrado sinais extremos de cansaço e de dores diárias, pelo que após um período de muita reflexão queria comunicar-vos que decidi retirar-me do ténis profissional”, disse.

O palco escolhido para o fazer é a terra batida do Clube de Ténis do Estoril e o torneio o Estoril Open. “É um torneio que conquistei em 2018 e é muito especial para mim, assume-se como cenário ideal para me despedir do ténis. Quero fazê-lo juntamente com a minha família, amigos, patrocinadores, e também com o meu público, que sempre esteve comigo”, acrescentou.

As pancadas, os serviços e os amorties cessam, mas há ténis para lá dos courts. João Sousa vincou que o seu compromisso com o ténis “permanece inabalável”. “Mantenho o desejo de continuar a tentar fazer crescer o ténis em Portugal. Os próximos tempos serão passados a pensar no meu futuro e nos meus próximos desafios, aos quais dedicarei toda a minha dedicação, entusiasmo, resiliência e espírito de conquista, tal como fiz em toda a minha carreira. Aguardo com expetativa o próximo capítulo da minha vida”, realçou.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73