skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
27 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Jorge Fernandes é o vitoriano com mais minutos: “Deixei de sofrer lesões”

Redação
Desporto \ quinta-feira, fevereiro 15, 2024
© Direitos reservados
Único totalista na Liga, defesa central agradece boa época aos treinadores e colegas de equipa, realça desempenho defensivo do Vitória e diz-se motivado para ajudar clube a assinar uma boa época.

Parece unânime que Jorge Fernandes é um dos pilares da época que o Vitória SC está a rubricar, materializada no quinto lugar para a Liga Portugal Betclic, com os mesmos 40 pontos do quarto, Sporting de Braga, na quarta melhor defesa dessa prova, com 22 golos sofridos, e no apuramento para a meia-final da Taça de Portugal. Os números individuais comprovam-no: o defesa central é o único totalista do plantel no campeonato após 21 jornadas, tendo cumprido os 1890 minutos regulamentares. O jogador é rápido a explicar o seu desempenho e a sua preponderância na equipa.

“O que mudou? É fácil responder a essa questão: deixei de sofrer lesões. Os jogadores correm sempre esse risco e, infelizmente, passei por uma fase menos boa nesse capítulo. Depois dessa fase, passei a focar-me totalmente no meu trabalho, naquilo que eu posso controlar, e isso acabou por dar bons frutos. Os treinadores e os meus companheiros também me transmitem muita confiança, pelo que tudo tem ajudado a estar a fazer uma boa época e a somar tantos minutos. Quero dar continuidade a esse trabalho”, vinca.

Com Borevkovic e Tomás Ribeiro, Jorge Fernandes tem construído um trio defensivo robusto, apenas superado em desempenho pelas retaguardas de Benfica (14 golos sofridos), FC Porto (16) e Sporting (19). O jogador e capitão vitoriano julga que a consistência defensiva é mesmo “um dos segredos do Vitória”. “Pensamos sempre em ganhar e sabemos que estaremos sempre mais próximos dos êxitos se sofrermos menos golos ou se não sofrermos nenhum. O Vitória SC tem estado bem em vários aspetos, tanto a atacar como a defender. Há que dar continuidade a este trabalho”, prossegue.

Com a expulsão do defesa central croata no empate com o Benfica, Jorge Fernandes diz-se igualmente confortável a jogar com Manu Silva no meio da defesa, algo que se verificou no começo da temporada. “Quem entra mostra sempre grande qualidade e isso faz de nós uma grande equipa. Temos um grande plantel porque todos estão sempre muito motivados para ajudar”, disse, vincando que o plantel dispõe de “várias opções” válidas, como se verificou na baliza, com Charles a render o lesionado Bruno Varela.

Ainda frustrado pelo facto de a equipa ter somado um ponto em vez de três na receção ao líder do campeonato, o defesa assumiu o desejo de regressar aos triunfos no sábado, frente ao Portimonense, adversário que venceu no D. Afonso Henriques na primeira volta.

“Queremos dar uma resposta diferente e positiva, conquistando os três pontos em Portimão. Temos noção da nossa qualidade e, por isso, ficámos frustrados com o resultado do jogo com o Benfica, mas é importante deixar isso para trás para nos focarmos bem naquilo que temos de fazer no próximo jogo, para ganhar”, prosseguiu.

 

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73