skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
20 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Uma questão de saber o “momento certo”: Turra quer melhorias no domingo

Tiago Mendes Dias
Desporto \ sábado, setembro 16, 2023
© Direitos reservados
Se o Portimonense se revelar um adversário tão fechado com o Tondela, Vitória tem de saber quando jogar em profundidade e quando jogar nos espaços interiores, salienta o treinador.

Paulo Turra acredita que o Vitória está a preparar-se para se exibir com “mais intensidade” jogo após jogo, perante a evolução do processo de treino em curso. O técnico espera ver os comportamentos ensaiados durante a semana no relvado do D. Afonso Henriques, este domingo, frente ao Portimonense, num duelo em que considera importante saber discernir os momentos que o jogo pede.

“Se encontrarmos uma equipa adversária em 5x4x1, temos de colocar em prática os nossos comportamentos treinados durante a semana, que fazem a nossa ideia de jogo forte. Desde que cá cheguei, temos de ter alternativas e uma ideia de jogo onde atacar a profundidade no momento certo e para atacar as zonas entrelinhas no momento certo”, vincou, na antevisão à partida da jornada cinco da Liga Portugal Betclic, marcada para as 18h00.

Para o timoneiro vitoriano, a sua equipa tem de saber quando ter posse, quando ser vertical e como fazer as transições ofensivas e defensivas. O conjunto de Portimão, alerta, tem qualidade, apesar de ocupar o 17.º lugar da tabela, com dois pontos em quatro jornadas.

“É uma equipa que tem uma sequência de trabalho, com muitos jogadores brasileiros, que tem qualidade. Ainda não venceu no campeonato, mas acredito que hoje o futebol está muito equilibrado. Ataca muito a profundidade, tem uma equipa alta, com atletas agressivos nas bolas aéreas ofensivas e defensivas, e trabalha muito a bola”, descreveu.

Eliminada há uma semana da Taça da Liga pelo Tondela, a equipa de Guimarães está num processo de evolução para ser cada vez mais intensa e deve, a todo o custo, evitar a passividade que demonstrou frente aos beirões. “Temos de ser uma equipa intensa. Não podemos ser uma equipa passiva com a bola. Temos de ter a posse no momento certo e de ser agressivos e verticais. Vamos dar a resposta amanhã [domingo]”, frisou.

Afastado do duelo com o Tondela devido a uma lesão muscular, Afonso Freitas está recuperado para o embate com os homens de Portimão.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73