skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Rui Borges: “Esta derrota não pode deixar marcas”

Redação
Desporto \ domingo, janeiro 21, 2024
© Direitos reservados
Positivo quanto ao Moreirense e à segunda volta que pode fazer, o treinador assume que é preciso olhar para o jogo com o FC Porto e corrigir algumas coisas.

A derrota com o FC Porto no sábado à noite foi pesada, é certo, mas “não belisca em nada” o trabalho até agora realizado pela equipa técnica e pelos jogadores do Moreirense FC na época 2023/24. Rui Borges assume que os seus pupilos pagaram caro os erros cometidos, mas encarou o desaire como “apenas três pontos” perdidos, havendo, pela frente, várias oportunidades para recuperar o trilho certo.

“Esta derrota não pode deixar marcas. Mas tem que ferir, porque perdemos por números expressivos. Sou muito positivo. Nós fora tínhamos uma derrota com o Sporting. É a segunda derrota fora no campeonato. Temos que valorizar tudo o que temos feito até aqui. Lógico que temos que olhar para o jogo, corrigir, mas agarrar às coisas positivas. Continuar o nosso caminho que tem sido muito bom, e vai continuar a ser”, disse, na conferência de imprensa após o desafio no Estádio do Dragão.

Ciente de que é “difícil” jogar no Estádio do Dragão, principalmente quando se sofre cedo, o técnico transmontano crê que os cónegos fizeram “um belíssimo jogo” até aos 30 minutos, “muito competente”, apesar do mérito do FC Porto no primeiro golo e na eficácia com que resolveu o jogo na segunda parte. “Na segunda parte, entrámos muito bem outra vez. E o FC Porto nas primeira três vezes que vai à baliza faz 4-0. Contra esta equipa não podemos errar. Errámos em pequenas coisas”, vincou.

Para ilustrar o mérito do trajeto verde e branco até agora, Rui Borges lembrou que o Moreirense só perdera fora com o Sporting até ao duelo deste sábado.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73