skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
24 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

A “mentalidade de campeões” prevalece em jogo às vezes difícil de controlar

Redação
Desporto \ domingo, janeiro 21, 2024
© Direitos reservados
Treinador Álvaro Pacheco enaltece “segunda parte bem conseguida” do Vitória, com melhorias nas segundas bolas e a aproveitar espaços, e agradece foco do plantel em tempo de mercado de transferências.

A ideia de que os jogadores devem ser campeões todos os dias tem norteado o Vitória SC na era Álvaro Pacheco, treinador que voltou a enaltecer essa mentalidade, após o triunfo folgado sobre o Estrela da Amadora, neste domingo à noite. Depois de uma primeira parte equilibrada, as melhorias da equipa a retirar espaço interior ao adversário, nas segundas bolas e nos espaços que o Estrela deixou fizeram a diferença, a seu ver.

“Fomos uma equipa muito inteligente. O Vitória foi melhor do que o Estrela, com mérito dos meus jogadores. Cada jogo tem a sua história e tivemos de ter uma mentalidade de campeões para o poder superar”, vincou.

Apesar das “muitas dificuldades” criadas pela equipa de Sérgio Vieira, o que tornou o jogo difícil de controlar em certos momentos, Álvaro Pacheco mostrou-se orgulhoso do plantel não só pelo triunfo, mas também pela pontuação que ostenta após 18 jornadas – 36 pontos, o que dá uma média de dois pontos por encontro – e pela concentração exibida em cada treino, mesmo com o ruído associado ao mercado de transferências.

“Temos de perceber o que nos tem feito chegar aqui, o foco, a atitude, a capacidade de recuperação, para a cada jogo sermos capazes de ultrapassar as dificuldades que nos vão aparecendo. Este grupo de jogadores foca-se no dia a dia, no que controla e no trabalho. Sabemos que estamos no ‘mercado’, que temos de lidar com isso e de nos mantermos fortes para fazer uma boa segunda volta”, reiterou na sala de imprensa do Estádio D. Afonso Henriques.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73