skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
03 dezembro 2022
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Jornadas de órgão na Oliveira celebram nono aniversário do seu restauro

Redação
Cultura \ quarta-feira, novembro 23, 2022
© Direitos reservados
Evento conta com visitas musicais entre 01 e 08 de dezembro, dia da eucaristia da solenidade de Nossa Senhora da Conceição. O órgão do século XIX foi restaurado entre 2011 e 2013.

A Igreja de Nossa Senhora da Oliveira acolhe a terceira edição das Jornadas do Grande Órgão Histórico na primeira semana de dezembro, para assinalar a Solenidade da Conceição Imaculada de Nossa Senhora, celebração católica que se assinala a 08 de dezembro, e também o nono aniversário do restauro do instrumento, levado a cabo entre 2011 e 2013, pela Oficina e Escola de Organaria de Esmoriz. 

Sob direção artística de Nuno Mimoso, organista, maestro e musicólogo, o cartaz disponibiliza visitas guiadas ao património musical da Colegiada de Guimarães, instituição ali sediada desde o século XII, partindo-se do Museu de Alberto Sampaio, sempre às 11h00 e às 15h00, entre 01 e 08 de dezembro, períodos de música de órgão durante as visitas ao templo, com acolhimento de público no Museu de Alberto Sampaio, nos mesmos dias, entre as 12h00 e as 16h00, e a celebração da Nossa Senhora da Conceição, com oração comunitária da tarde cantada com a comunidade paroquial, às 18h00, antes da eucaristia solenizada, às 19h00.

O órgão que ocupa a Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, templo concluído no século XV, foi encomendado pela Colegiada de Guimarães em 1831 e a sua conclusão data de 1841. Encomendado ao organeiro vimaranense Luís António de Carvalho (1766-1839), é o maior instrumento do género no Norte de Portugal, com dois teclados, 51 meios-registos sonoros e 2.229 tubos, dos quais 270 trombetas.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #38