skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
19 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Uma cabeça que vale pontos: André Luís dá novo triunfo ao Moreirense

Redação
Desporto \ sábado, novembro 11, 2023
© Direitos reservados
Ponta de lança decidiu partida equilibrada na Amadora com um cabeceamento de belo efeito ao cair do pano. Cónegos alcançam terceira vitória consecutiva e ascendem provisoriamente ao quinto posto.

O jogo parecia inapelavelmente amarrado até ao apito final: as equipas alternavam os momentos de ataque, em busca do golo, mas longe daquelas ocasiões flagrantes que fizessem adivinhar um desfecho diferente do nulo. A perícia de André Luís no jogo de cabeça tratou de desmentir esse prognóstico, contudo. Com o cronómetro prestes a tocar o minuto 90, André Luís vislumbrou o cruzamento de Fabiano da direita, elevou-se mais alto do que Johnstone Omurwa junto à marca de penálti e cabeceou com a força e a colocação digna de um castigo máximo; a bola entrou junto ao poste direito, sem hipóteses de defesa para Dida, e selou o triunfo cónego, o terceiro seguido para o campeonato.

Quinto classificado da Liga Portugal Betclic à condição, agora com 20 pontos, o Moreirense FC apresentou-se precisamente com o mesmo onze que derrotou o Arouca, na jornada nove, e o Vitória, na ronda 10, também por 1-0.

Reconhecida pela sua intensidade, a equipa tricolor até teve mais bola na primeira hora de jogo, embora longe das zonas de perigo para a baliza de Kewin, à exceção de um remate de Jean Filipe, ao minuto 27. Os pupilos de Rui Borges controlaram bem essa iniciativa dos anfitriões e criaram a ocasião mais flagrante do primeiro tempo aos 35, quando Maracás cabeceou ao poste.

A face do jogo pouco mudou após o intervalo; o equilíbrio era dono e senhor no Estádio José Gomes, na Amadora. Essa toada ameaçou romper-se ao minuto 69, é verdade, quando Kodisang rematou por cima em posição frontal à baliza, mas o impasse rapidamente voltou a definir um encontro que só viria a ser decidido no último minuto do tempo regulamentar. Um minuto depois do golo, Wallisson cometeu uma falta dura sobre Ronald e foi expulso com vermelho direto, deixando o Moreirense reduzido a 10 unidades nos quatro minutos finais.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73