skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
21 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Marcelo, a bússola cónega para encontrar o norte na Serra da Freita

Redação
Desporto \ sexta-feira, outubro 27, 2023
© Direitos reservados
Moreirense FC respondeu à eliminação na Taça de Portugal com um triunfo por uma bola a zero em Arouca. Um golo de Marcelo, na sequência de uma bola parada, desfez as curvas.

Eliminado da Taça de Portugal frente a um adversário do quarto escalão, o Moreirense FC reagiu no jogo inaugural da nona ronda do campeonato, vencendo no terreno de um Arouca europeu que anda pela cauda da tabela classificativa e não vence há dois meses e meio a contar para o campeonato.

Alheio a isso, Rui Borges – técnico dos cónegos – pediu à sua equipa uma resposta ao desaire frente ao Paredes, e a equipa respondeu de forma pragmática. Venceu com um golo de Marcelo, continuando numa sendo positiva no campeonato, a única competição que resta.

Na Serra da Freita, o conjunto vimaranense até demorou a encontrar-se. O nível exibicional a prestação até nem esteve nos padrões que o Moreirense FC já demonstrou esta época, acabando por passar por alguns sobressaltos nos instantes iniciais, como a bola enviada à trave pelos arouquenses.

Entre as curvas e contracurvas, foi Marcelo a bússola que deu o norte ao Moreirense FC, minutos antes do intervalo. Na sequência de um canto, em que o cruzamento foi demasiado largo, Ofori foi à esquerda evitar que a bola saísse para voltar a cruzar da direita. O defesa central correspondeu com um mergulho ao primeiro posto, fazendo abanas as redes.

Resultado feito, mesmo ainda havendo a segunda metade para se jogar. O Arouca acusou o golo e o Moreirense FC controlou as operações, tendo chegando a marcar pela segunda vez, mas foi assinalada posição irregular a Kodisang na jogada.

O resultado arrastou-se, pelo meio ainda jogou os descontos – seis minutos – com uma unidade em campo devido à expulsão com dois amarelos de Antonisse em apenas treze minutos. Nada que pusesse em causa mais três pontos do Moreirense FC.

Forçou o Arouca no último fôlego, defendeu de forma consistência o conjunto de Moreira de Cónegos, chegando aos catorze pontos ao fim de nove jornadas disputadas no principal escalão do futebol português.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73