skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
24 maio 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Mauro Fernandes reeleito para segundo mandato à frente do Xico Andebol

Redação
Desporto \ sexta-feira, julho 21, 2023
© Direitos reservados
À frente dos escolares desde 2021, dirigente promete manter enfoque na formação, até para lidar com os custos associados à Divisão de Honra masculina, modelo adotado para o segundo escalão de andebol.

Mauro Fernandes foi reeleito, por unanimidade, para um segundo mandato à frente do Clube Desportivo Xico Andebol, até 2025. Os sócios do clube escolar elegeram, por unanimidade, a única lista apresentada a sufrágio na assembleia-geral de quinta-feira, que reúne ainda, para a direção, os nomes de Eliseu Sampaio, Dalila Sepúlveda, João Carlos Cunha, Jorge Augusto Araújo, Marta Silva e António Barbosa, a novidade nesse elenco.

A composição da assembleia-geral é idêntica à eleita em 2021, com Octávio Santos a presidente, e ainda João Vicente Salgado e Rui Castro a secretários. Já o conselho fiscal passa a ser liderado pelo antigo jogador e presidente da direção José Carlos Correia, que substitui Eduardo Oliveira no cargo. Rui Fernandes e Cristina Cepa Carvalho, outra das caras novas nos órgãos sociais do Xico, são os vogais.

Em comunicado, Mauro Fernandes realça que o novo mandato encerra desafios “extremamente difíceis e complexos devido à nova realidade competitiva” da Federação de Andebol de Portugal, com a criação da Divisão de Honra, “uma nova divisão nacional onerosa, sem que os clubes estivessem preparados ou sequer tivessem sido consultados”. “Tal situação já causou desistências e até mesmo o fecho de alguns clubes", vinca o recém-eleito presidente do emblema azul e amarelo.

O dirigente frisa ainda que, enquanto "enfrenta a pressão do subfinanciamento local e o aumento generalizado de custos operacionais”, o Xico Andebol vai procurar continuar “a atrair jovens atletas e a oferecer-lhes um ambiente propício ao seu crescimento, cientes do seu papel como formador e do impacto positivo que têm na vida dos seus atletas", para “consolidar a sua posição como um dos principais clubes formadores de andebol do país".

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73